Tcc Automação Residencial

May 22, 2019 | Author: rafael | Category: Home Automation, Solar Energy, Electrical Engineering, Automation, Internet
Share Embed Donate


Short Description

Tcc sobre Automação Residencial...

Description

0

FACULDADE DE ENGENHARIA “CONS. ALGACYR MUNHOZ MAEDER” DE PRESIDENTE PRUDENTE CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL

RAFAEL OSHIMA VITOR PEDRIALI CONTESSOTO CONTESSOTO

Presidente Prudente – SP 2014

1

FACULDADE DE ENGENHARIA “CONS. ALGACYR MUNHOZ MAEDER” DE PRESIDENTE PRUDENTE CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL

RAFAEL OSHIMA VITOR PEDRIALI CONTESSOTO CONTESSOTO Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado a Faculda ldade de Engenharia, Curso de Engenharia Civil, coo re!uisito parcial para a sua conclusão" #rientador$ Pro%" &nt'nio de #liveira &lves

Presidente Prudente – SP 2014

2

(2)

#shia, *itor"  &utoa+ão esidencial - a%ael #shia, *itor  Pedriali Contessoto".. Presidente Prudente, 2014" /2 p"$ il" Trabalho de Conclusão de Curso radua+ão e Enge Engenh nhar aria ia Civi Civil l .. 3niv 3niver ersi sida dade de do #est #este e Paulis Paulista ta – 3noest 3noeste, e, Presid President ente e Pruden Prudente, te, SP, SP, 2014" ibliogra%ia" #rientador$ &nt'nio de #liveira &lves 1" &utoa+ão esidencial" 2" 5n%raestrutura"" 5" a%a a%ael el #s #shi hia a"" 55" 55" *ito *itorr Pedr Pedria ialili Cont Contes esso soto to"" Titulo"

9

RAFAEL OSHIMA VITOR PEDRIALI CONTESSOTO

Automa!o R"#$%"&'$a(

Trabalho de Conclusão de Curso, apres apresent entado ado 6 Facul Faculdad dade e de Engenh Engenhari aria, a, Curso de Engenharia Civil, 3niversidade do #este Paulista, coo parte dos re!uisitos para a sua conclusão" Presi reside den nte Pru Prudent dente, e, 1( de 7ovebr ebro o 2014"

)ANCA E*AMINADORA

 _______________________  ___________________________________ _________________  _____  Pro%" &nt'nio de #liveira &lves

 _______________________  ___________________________________ _________________  _____  Pro%" 5vair Saloão 8iboni

 _______________________  ___________________________________ _________________  _____  Pro%" 5va Saloão 8iboni

4

DEDICAMOS ESTE TRA)ALHO

 : nossa %a;lia, pelo apoio incondicional, carinho e suporte necessa+ão deste trabalho de conclusão de curso, possibilitando eApandir nossos conhecientos"  &os Pro%essores 5vair Saloão 8iboni, 5va Saloão 8iboni pela honra de participare da banca eAainadora deste trabalho"  &os pro%essores da Faculdade de Engenharia da 3niversidade do #este Paulista pelos conhecientos e por estes anos e !ue passaos Buntos"  &os colegas de classe e %ora dela"

(

 “Lutemos por um mundo novo... um mundo bom que a todos assegura o ensejo de trabalho, que dê futuro a juventude e segurança à velhice.” 

Charles Chaplin



RESUMO Automa!o R"#$%"&'$a(

# presente trabalho, intitulado &utoa+ão esidencialD teve coo obBetivo estudar  os vados . EAeplos de e!uipaentos a sere ligados as toadas coandadas" . EAeplos de aparelhos de ar condicionados" . *entilador de teto co caiAa 4A2 e ventilador de teto co controle in%raverelho" . 8areira elGtrica co holograa" . Es!uea de caadas de constru+ão do piso a!uecido" . Piso a!uecido B< acabado e e eAecu+ão" . EAeplos de e!uipaentos controlados e u sistea de

1/ 1 1) 1H 20 21 22 29 24 2/ 2( 2

Home heater.

F53& 19 F53& 14 F53& 1/

. EAeplo de torneira inteligente . EAeplos de e!uipaentos na es de tra>er ais con%orto, coodidade para o ser huano" Podeos citar alguns oentos iportantes !ue a sociedade passou e !ue de certa %ora, contribuiu para o !ue conheceos hoBe sobre autoa+ão residencial" & prieira revolu+ão industrial ocorrida na 5nglaterra no sGculo N*555 udou o odo de produ+ão %eudal para u odo de produ+ão voltada 6s [email protected], o !ue acarretou e ais autoa+ão para o undo" 7a dGcada de 0, nos Estados 3nidos, %oi criado o prieiro Mdulo inteligenteD chaava.se N.10, era uito siples, cuBos coandos era enviados pela prMpria rede elGtrica da resid=ncia, no conceito de P8C PoIer 8ine Carrier" # odulo inteligente N.10 G ua linguage de counica+ão !ue %a> co !ue produtos copat;veis se couni!ue entre si atravGs da linha elGtrica eAistente, Este tipo de Mdulo resolvia situa+es siples e pontuais coo ligar reotaente algu aparelho eletr'nico ou acender lOpadas por eio de %un+es siples de liga-desliga" Juitos aericanos coprara esse Mdulo e instalara e suas resid=ncias pelo baiAo custo e a siplicidade na instala+ão, B< !ue não precisa de interven+ão, o !ue ostra !ue %oi uito iportante para Gpoca" PorG, coo praticaente tudo, este Mdulo possu; pontos negativos !ue podeos citar$ & instabilidade do sistea ocasionado pela rede elGtrica !ue pode vir a %alhar, ou %altar  energia" Jais adiante, na dGcada de )0, co o desenvolviento dos coputadores pessoais, co as inter%aces %a+ão

de

icroprocessadores,

icrocontroladores e da eAclusão dos coputadores" # %inal da dGcada de H0 pode ser considerado coo o aior salto da autoa+ão residencial, co o desenvolviento dos tele%ones celulares, internet banda larga !ue %ora incorporadas ao nosso dia.a.dia, trouAera uitos bene%;cios e novos tipos de tecnologias !ue pode ser iplantadas na autoa+ão residencial, coo prograar u hora+ão" Esses sisteas pode ainda estar integrados ao sistea de entreteniento, proporcionando a iluina+ão correta para cada caso, seBa para assistir u %ile, ouvir deterinada @sica"  & dieri>a+ão de ua lOpada ou sistea de iluina+ão G a varia+ão gradativa de sua intensidade luinosa !ue vai de 0 a 100L, G u recurso %undaental para cria+ão de cen solar, peritindo !ue as lOpadas seBa acesas con%ore u hor solar %or insu%iciente" Podeos ver nas %iguras 2 e 9 alguns eAeplos de iluina+ão elGtrica

F53& 2 – &lguns tipos de iluina+ão elGtrica"

1

Fonte$ http$--ig1"tinKdeal"co-iages-2-H2-2H21(9)HU8.2H2"BpgV

F53& 9 – &lguns tipos de iluina+ão elGtrica"

1)

Fonte$ http$--ig1"tinKdeal"co-iages-2-H2-2H21(9)HU8.2H2"BpgV

4.8 I(um$&a!o Natu,a(

1H

Sistea de iluina+ão natural G a!uele !ue de algua %ora te a capacidade de abrir e %echar, para peritir ou blo!uear a entrada de lu> natural para dentro da resid=ncia" São sisteas elGtricos otori>ados, acionados por  controladores co relGs de duas sa;das liga-desliga, nas !uais inserios os coandos de abrir-%echar e, eventualente ua parada interediadas geralente e shoppings centers, aeroportos, Uospitais, e epresas, locais co u grande %luAo de pessoas" &gora, co ua aior  acessibilidade, estão tendo aior aceita+ão nas casas"

2)

 &lG disso, ela G uita ais higi=nica !ue as convencionais pelo %ato de não precisar tocar para abri.lendo co !ue as got;culas de ada reotaente, a %i de preparar antecipadaente o banho do orador antes eso dele chegar 6 resid=ncia" *oc= consegue do seu Sartphone escolher a teperatura, !uantidade de er u cenenado na  ru;do algu no abiente, assi a lipe>a pode ser %eita a !ual!uer hora se inc'odos" Segundo Paulo Uenri!ue ?al M 2019 pes!uisas Gdicas coprova !ue e ua casa co aspira+ão central elhora.se atG /2L a !ualidade interna do ar, aliviando signi%icativaente sintoas de asa, bron!uite, alergias e deais doen+as respiratMrias"

9)

Esses sisteas deve ser cogitados ainda na %ase de proBeto ou re%ora, pois pode haver grande grau de inter%er=ncia para !ue seBa poss;vel a passage da tubula+ão de P*C" Podeos observar os principais coponentes de u sistea de aspira+ão central na %igura 22" F53& 22 . Principais coponentes de u sistea de aspira+ão central"

F#7TE$ http$--III"haKden"co"br-iages-sistea9"BpgV

8 INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS

EAiste [email protected]eros sisteas residenciais !ue pode ser utili>ados tanto e re%ora !uanto nu proBeto de ua obra nova" & aneira !ue deterinaos coo esses sisteas irão interagir, co o obBetivo de novas %uncionalidades, chaaos de integra+ão de sisteas residenciaisRR"

9H

# %uturo orador deve receber ua resid=ncia na !ual todos os sisteas instalados consiga interagir e %ornecer o e cada centavo investido nos sisteas"

8.1 I&t"@,a!o 'om S$#t"ma %" S"@u,a&a

Central de alare G a parte central do sistea, G ela !ue recebe as in%ora+es dos diversos tipos de sensores e coanda o disparo das sirenes, a discage para u [email protected]ero de tele%one co a in%ora+ão sobre a poss;vel invasão do local protegido" ?evido ao auento dos ;ndices de roubo e resid=ncias e epresas, auentou Bunto co esses ;ndices a necessidade de se protege.los" & prieira atitude a se toar nesses casos G a iplanta+ão de alares residenciais e coerciais, sendo essa ua das a vai continuar sendo a antes e pivotantes" Eles possue 9 tipos de coandos, abrir-%echar-parar, a aior parte desses portes possue ua entrada dedicada para integrar co o sistea de autoa+ão, assi voc= consegue abrir-%echar reotaente o portão e pode tabG criar ua cena para !ue e deterinado hores não %i!ue ligadas se a presen+a de ninguG e evita o desperd;cio dessa energia"

;.2 C"&a “Master Off’’ 

E ua resid=ncia 100L autoati>ada a %un+ão “&aster *ff++ aBuda a econoi>ar energia elGtrica" Essa %un+ão !uando habilitada, desliga cargas prG. prograadas !ue pode peranecer desligadas na aus=ncia do orado" Cargas coo, iluina+ão, ar condicionados, a!uecedores, sisteas de so, T*, etc" 8ebrando !ue não serão desligados circuitos coo toadas de geladeiras e freeers. Sisteas de seguran+a, irriga+ão de Bardins, etc" Esses peranecera

ligados, deve.se ter bo senso na hora de escolha de e!uipaentos !ue serão desligados"  u recurso uito bo e garante !ue cargas não %i!ue ligadas desnecessariaente"

4

< METODOLOGIA

# presente Trabalho de Conclusão de Curso se iniciou co o aprendi>ado da atGria de 5nstala+es ElGtricasD inistrada pelo pro%essor &nt'nio de #liveira &lves no prieiro seestre de 2019" 3 dos trabalhos dessa atGria %oi sobre

[R&utoa+ão

esidencialD

e

despertou

interesse

para

apro%undar 

conheciento sobre esse tea" # passo seguinte %oi 6 pes!uisa e livros, revistas e na internet de assuntos relacionados 6 &utoa+ão esidencial, de %ora, a ebasar e enri!uecer  este trabalho" Por %i, de posse de todas as in%ora+es e dados necess.se a reda+ão deste Trabalho de Conclusão de Curso"

> CONCLUSÃO

4)

 &o descrever sobre alguns dos ais usuais tipos de autoa+ão !ue G utili>ado e resid=ncias, %ica claro !ue depende uito da utili>a+ão da energia elGtrica" ?e certa %ora, ao observar todas essas inova+es nas casas, uito se pensa !ue o consuo de energia G uito aior do !ue e resid=ncias !ue não aderira a esse tipo de inova+ão, ou ainda !ue seria uito caro de se reali>ar u epreendiento co toda a in%raestrutura necessa G uito iportante devido ao %ato de estaros contribuindo co o eio abiente, alG de evitar o desperd;cio"  & autoa+ão residencial alG do con%orto, coodidade, seguran+a ao usu
View more...

Comments

Copyright ©2017 KUPDF Inc.
SUPPORT KUPDF