Simulado Alunos tre2

October 3, 2017 | Author: Érica Brito Pacheco | Category: Citizenship, Cryptography, Elections, Printer (Computing), Economics
Share Embed Donate


Short Description

Download Simulado Alunos tre2...

Description

Neon Concursos – Simulado TRE – 02/07/2006 LÍNGUA PORTUGUESA 05/08/03 - 11:21 CONHECIMENTOS GERAIS Atenção: As questões de números 1 a 10 referem-se ao texto que segue, trecho de um artigo publicado em 1948. O Brasil se desenvolveu como nação politicamente independente na fase em que a economia capitalista transformava o mundo num sistema de mercados. A economia moderna não permite, senão em escala reduzida, o desenvolvimento autônomo das economias nacionais. Tudo se liga, e os países dependem, cada vez mais, dos grandes centros em que se concentram as forças do imperialismo econômico. A primeira realidade que o brasileiro encontra pela frente é, portanto, a dependência estreita em que vivemos. Assim sendo, somos obrigados a seguir a oscilação dos líderes da economia mundial, e a conseqüência disso é vivermos sem poder equilibrar duas forças contraditórias, que passamos a expor. Com efeito, pelo fato de sermos um país predominantemente agrícola e pecuário, fornecedor de matérias-primas e produtos alimentares, a maioria das nossas populações vive em estado de atraso, sem ligação com o progresso da vida moderna. Assim, desenvolvem-se necessidades locais muito específicas, requerendo medidas locais e economia orientada para as zonas do interior, já que o nível dessas populações as coloca, mais ou menos, conforme o caso, à margem dos tipos modernos de vida econômica. Por outro lado, como estamos na dependência dos grandes centros econômicos, a nossa economia é solicitada, a cada momento, a se ajustar ao ritmo variável da economia mundial – o que acarreta a necessidade de uma política econômica de caráter geral, com medidas de larga escala, voltadas para as exigências da balança internacional de comércio. Até agora não se estabeleceu, no Brasil, a difícil harmonia entre essas duas tendências contraditórias. (Antonio Candido, Folha Socialista, no 3. São Paulo, 1948) 1. O texto expõe a seguinte idéia fundamental: (A) O desenvolvimento do Brasil vem se acelerando a despeito do ritmo da economia capitalista. (B) O fato de nossa economia ser essencialmente rural impossibilita medidas econômicas localizadas. (C)) O entrave do nosso desenvolvimento econômico está na dificuldade de conciliarmos medidas pontuais e medidas de caráter geral. (D) A superação de nossas contradições econômicas implica a adoção de medidas orientadas para as zonas mais desenvolvidas. (E) As contradições de nossa economia são inerentes à implantação do sistema mundial de mercados.

2. Atente para as seguintes afirmações: I. Na frase O Brasil se desenvolveu como nação politicamente independente na fase em que a economia capitalista transformava o mundo num sistema de mercados, as ações destacadas mantêm entre si uma relação de exclusão. II. Na frase A economia moderna não permite, senão em escala reduzida, o desenvolvimento autônomo das grandes economias internacionais, o segmento destacado tem o valor de uma ressalva. III. Na frase A primeira realidade que o brasileiro encontra pela frente é, portanto, a dependência estreita em que vivemos, o segmento destacado tem o valor de uma hipótese. Está correto o que se afirma SOMENTE em (A)) I e II. (B) I e III. (C) II. (D) II e III. (E) III.

3. Até agora não se estabeleceu, no Brasil, a difícil harmonia entre essas duas tendências contraditórias. Mantém-se o sentido original da frase acima em: (A) Essas duas tendências contraditórias não deixam de possibilitar que, no Brasil, ainda hoje se estabeleça uma difícil harmonia. (B)) No Brasil, a problemática conciliação dessas duas orientações conflituosas ainda não se efetivou. (C) Ainda assim é difícil a conciliação entre essas forças opostas, conquanto venha a se estabelecer no Brasil. (D) Até hoje não se determinou, no Brasil, a dificuldade de equilíbrio dessas tendências inconciliáveis. (E) No Brasil, mesmo agora a difícil superação dessas forças harmônicas ainda não se estabeleceu.

4. Na reconstrução de uma frase do texto, desrespeitou-se a concordância verbal em: (A) Às economias nacionais não se permite, modernamente, que se desenvolvam de modo autônomo e competente. (B) Ainda não se encontraram, para essas duas tendências contraditórias, quaisquer possibilidades de harmonização. (C) Quando não se está ligado ao progresso da vida moderna, como ocorre com boa parte dos brasileiros, paga-se com as conseqüências do atraso. (D)) Devem-se às oscilações dos líderes da economia mundial boa parcela do desequilíbrio da nossa própria economia. (E) Devido à dificuldade de se ajustarem ao ritmo variável da economia mundial, há medidas que, mesmo necessárias, deixamos de tomar. 05/08/03 - 11:2

Avenida Mato Grosso 88 – centro –fone: 3324 5388 – www.neonconcursos.com.br

1

Neon Concursos – Simulado TRE – 02/07/2006 5. É exemplo de correta transposição da voz ativa para a passiva: (A)) O nível de vida dessas populações as coloca à margem da modernidade = Essas populações são colocadas à margem da modernidade por seu nível de vida. (B) Até agora não se estabeleceu a difícil harmonia entre essas duas tendências = Até agora não foi estabelecida a difícil harmonia entre essas duas tendências. (C) Desenvolvem-se necessidades locais muito específicas = Foram desenvolvidas necessidades locais muito específicas. (D) Os países dependem, cada vez mais, dos centros do imperialismo econômico = Os países são dependentes, cada vez mais, dos centros do imperialismo econômico. (E) A nossa economia deve se ajustar a um ritmo variável = A nossa economia deve ser ajustada por um ritmo variável. 6. Considerando-se o contexto em que a frase ocorre, a expressão sublinhada preserva o sentido da expressão indicada entre parênteses em: (A) Pelo fato de sermos um país predominantemente agrícola e pecuário, a maioria das nossas populações vive em estado de atraso. (Não obstante). (B) Por outro lado, a nossa economia é solicitada a se ajustar ao ritmo variável da economia mundial. (De outro modo). (C)) A economia moderna não permite, senão em escala reduzida, o desenvolvimento autônomo das economias nacionais. (a não ser). (D) Assim sendo, somos obrigados a seguir a oscilação dos líderes da economia mundial (ainda assim). (E) Os países dependem, cada vez mais, dos grandes centros do imperialismo econômico (de mais a mais).

7. Está correta a grafia de todas as palavras da frase: (A) Ao ascender à condição de um grande sistema de mercados, a economia mundial propisciou o poder hegemônico dos grandes conglomerados financeiros. (B) Se os grandes centros econômicos não se emiscuíssem decisivamente nas economias nacionais, talvez estas lograssem alcançar um índice expressivo de desenvolvimento. (C) Os economistas podem discentir quanto às soluções para o nosso desenvolvimento, mas reconhecem que o imperialismo econômico é um fator crucial para nosso atraso. (D)) A necessidade de sincronizar o ritmo de nossa economia com o da expansão da economia global constitui uma das exigências mais difíceis de serem atendidas. (E) Não fosse a dicotomia das direções econômicas com que nos deparamos, o Brasil talvez não se firmasse numa posição de maior relevância entre os países emerjentes.

8. Todas as formas verbais estão corretamente flexionadas na frase: (A) Embora se requeram, aqui e ali, medidas locais, não haverá como abstermos-nos de medidas de caráter geral. (B) Se um país não se provir de planos econômicos próprios, estará cada vez mais dependente do ritmo que lhe impor a economia global. (C) Se não nos convir o ritmo ditado pela economia global, fazer-se-á necessário criar um modelo que melhor se adeqüe à nossa realidade. (D) Os grandes centros econômicos associaram-se e comporam, paulatinamente, um sistema de mercados ao qual é praticamente impossível um país deixar de pertencer. (E)) O que de fato obstrui o desenvolvimento da economia nacional é a oscilação entre direções dificilmente conciliáveis, a que vimos nos sujeitando.

9. Tudo se liga, e os países dependem, cada vez mais, dos grandes centros em que se co-centram as forças do imperialismo econômico. Substituindo-se, na frase acima, as formas dependem e se concentram, respectivamente, pelas formas subordinam-se e se irradiam, o segmento sublinhado deverá ser substituído por (A) nos grandes centros onde. (B)) aos grandes centros de onde. (C) pelos grandes centros aonde. (D) aos grandes centros em cujos. (E) nos grandes centros por onde.

10. O Brasil é rico em matérias-primas, mas não basta possuirmos matérias-primas, o desejável é que pudéssemos processar as matérias-primas, industrializar essas matérias-primas e auferir todo o lucro potencial embutido nessas matérias-primas. Evitam-se as viciosas repetições do período acima substituindo- se, de modo correto, os elementos sublinhados, respectivamente, por: (A)) as possuirmos - processá-las – industrializá-las nelas embutido (B) lhes possuirmos - processá-las – industrializá-las embutido-lhes (C) possuirmo-las - lhes processar - lhes industrializar nelas embutido (D) as possuirmos - as processar industrializar-lhes nelas embutidas (E) possuí-las - processar-lhes - industrializar-lhes embutido-lhes 05/

Avenida Mato Grosso 88 – centro –fone: 3324 5388 – www.neonconcursos.com.br

2

Neon Concursos – Simulado TRE – 02/07/2006 Atenção: As questões de números 11 a 20 referem-se ao texto que segue. Governo discute se programa para índios é legal Um programa de FM dirigido a índios e outros moradores da fronteira do Brasil com o Paraguai, no Mato Grosso do Sul, corre o risco de ser considerado ilegal pelo governo federal. Transmitida em nheengatu (segundo o dicionário Aurélio, língua que se originou do tupi), a atração pode ser enquadrada numa lei de 1963, que proíbe veiculações em língua estrangeira. Pela regra, só emissoras de ondas curtas podem operar com outros idiomas, mediante autorização do Ministério das Comunicações. Mistura de termos indígenas com espanhol e português, o nheengatu originou-se do período da colonização brasileira. Calcula-se que seja utilizado por cerca de 370 mil pessoas no MS. A essa população é dirigido “Nheengatu”, programa da FM educativa de Campo Grande que vai ao ar três vezes por semana e tem estréia marcada na TVE do Estado em agos- to. Sua sobrevivência no rádio e sua migração para a televisão são objetos agora da seguinte análise, em curso no ministério: essa é ou não é uma língua “estrangeira”? “Além de tantos crimes históricos contra os índios, querem cometer mais um”, afirmou Bosco Martins, presidente da FM e da TVE, que recebeu do ministério solicitação para encaminhar informações sobre o programa. “O nheengatu foi proibido por D. João IV, em 1727, que queria oficializar o português. Hoje, permanece vivo como uma forma de resistência cultural”, afirma Marlei Sigrist, professora da Universidade Federal do MS, que desenvolveu um estudo sobre o programa. Para Marcos Bitelli, especialista em leis de radiodifusão, o “Nheengatu” não pode ser proibido. “A lei que estabelece restrições a irradiações em língua estrangeira não pode ser aplicada ao nheengatu, que era a principal língua brasileira na colonização”. (Laura Mattos, Folha de S. Paulo, 18/06/2003) 11. A controvérsia de que trata o texto é de natureza eminentemente (A) jurídica, já que se trata de decidir sobre a vigência ou não de uma lei de 1963. (B) histórica, pois remonta a um documento produzido em pleno período colonial. (C)) cultural, já que se trata de qualificar a forma de expressão de uma coletividade. (D) econômica, pois envolve interesses particulares que dependem de recursos públicos. (E) política, pois implica conflito de interesses entre os diferentes poderes do Estado.

12. Atente para as seguintes afirmações: I. As observações de Bosco Martins, de Marlei Sigrist e de Marcos Bitelli convergem no fundamental – a língua nheengatu deve ser preservada – mas são omissas quanto à legitimidade ou legalidade do programa de rádio. II. O argumento de que se vale Marcos Bitelli permite depreender que razões de ordem histórica devem ser levadas em conta num processo de avaliação do que seja uma “língua nacional”. III. A jornalista, para dar notícia do fato polêmico, investigou-o, informou-se com autoridades e especialistas e deu voz ao público diretamente envolvido. Está correto o que se afirma SOMENTE em (A) I. (B)) II. (C) III. (D) I e II. (E) II e III. 13. Está clara e correta a redação da seguinte frase: (A) Mixto de termos indígenas e hispânicos, segundo o Aurélio, o nheengatu remonta ao regime colonial, onde D. João IV, em 1727, promulgou uma lei em que este era terminantemente revogado. (B) Segundo afirma Marlei Sigrist, o nheengatu tem caráter preservativo, conquanto represente uma resistêncial cultural contra todos os que vão ao encontro do princípio de sua conservação. (C) Bosco Martins sugere que, dentre os crimes por ventura já imputados contra os índios, tal interdição lhe soa como mais um, não lhe parecendo próprio proibir esse programa. (D)) A transmissão do programa pode vir a ser interrompida, caso entenda a justiça que o “Nheengatu” tipifica uma veiculação em língua estrangeira, o que contraria o disposto na lei de 1963. (E) Não é pouco representativa a cifra de 370 mil falantes do nheengatu, idioma com o qual se veiculará o mesmo programa, de sorte que só este fato teria argumentos para se contraditarem à acusação de que é uma “língua estrangeira".

14. Está correto o emprego de ambas as expressões sublinhadas na frase:

Avenida Mato Grosso 88 – centro –fone: 3324 5388 – www.neonconcursos.com.br

3

Neon Concursos – Simulado TRE – 02/07/2006 (A)) A transmissão do programa “Nheengatu”, contra a qual parece ter-se insurgido o Ministério das Comunicações, despertou viva polêmica acerca do que vem a ser uma língua nacional. (B) O português e o espanhol, idiomas a cujos vieram somar-se termos indígenas, talvez já tenham merecido alguma contestação quanto ao fato de serem línguas nacionais. (C) D. João IV, em 1727, já manifestava a preocupação em que o predomínio de uma língua estrangeira diante da língua oficial representaria um risco para o processo de colonização. (D) A ilegalidade do programa radiofônico, cuja a língua é o nheengatu, foi aventada pelo Ministério das Comunicações, que recorreu a especialistas para melhor se informar em face da questão. (E) A opinião de Marlei Sigrist, em favor a qual há argumentos antropológicos, é que a divulgação do nheengatu constitui uma forma de resistência cultural, mediante o que devem se engajar os defensores das minorias. 15. Está inteiramente adequada a pontuação do seguinte período: (A) Consta que o nheengatu, uma mistura de termos indígenas com o português tem suas raízes no período colonial brasileiro, chegando a ser proibido por D. João IV em seu intuito de oficializar o português. (B) A indignação de Bosco Martins é das mais justas pois, tendo os índios sido vítimas de tantos crimes, a possível proibição ao “Nheengatu” parece soar como: mais uma violência injustificável. (C) O fato de que cerca de 370 mil pessoas utilizam o nheengatu, mereceria, por si só, uma atenção especial não só das zelosas autoridades federais como de todos aqueles que têm visto na cultura popular, uma forma de resistência. (D) Dado que a lei de 1963 não podia prever o advento da Internet, parece anacrônico hoje em dia estabelecer o confinamento, à freqüência de, ondas curtas, dos programas de rádio transmitidos em língua estrangeira. (E)) A repórter, precavidamente, valeu-se do dicionário Aurélio, mas certamente obteria melhores e mais precisas informações acerca do nheengatu se, em vez de um dicionário, recorresse a um especialista em línguas indígenas.

16. Para se atender às normas de concordância, é preciso corrigir a forma verbal sublinhada na frase:

(A) Não nos parece que sejam irrelevantes quaisquer medidas que visem à preservação de línguas utilizadas pelas minorias. (B)) Que não se meça esforços para se preservar ou resgatar um fato cultural que ajude a compreender o nosso passado histórico. (C) Tem havido muitas pressões para garantir os direitos das minorias, tais como a utilização e a veiculação de línguas que resistem ao desaparecimento. (D) As populações a quem interessa preservar seus direitos históricos devem unir-se e mobilizar-se contra medidas autoritárias. (E) Caso politicamente não convenha às autoridades do Ministério das Comunicações proibir o programa “Nheengatu”, este será mantido em sua forma original.

17. Está adequada a articulação entre os tempos verbais na frase: (A) Caso venha a ser considerado nocivo à comunidade, o programa “Nheengatu” deverá ter sido proibido pelas autoridades. (B) A menos que fosse nocivo o conteúdo veiculado pelo programa “Nheengatu”, não há razões para que se o houvera proibido. (C) Se o conteúdo veiculado pelo programa “Nheengatu” vier a se revelar nocivo, só assim se pudesse cogitar de proibir sua transmissão. (D) No caso de que o programa “Nheengatu” se caracterizasse por transmitir idéias nocivas à comunidade, cabe cogitar sua proibição. (E)) A menos que o conteúdo veiculado pelo programa “Nheengatu” possa ser considerado nocivo à comunidade, não há razões para que se venha a proibilo.

18. Quanto à necessidade ou não de utilização do sinal de crase, está inteiramente correta a frase: (A) Quem está à alguma distância de Campo Grande não pode avaliar à contento o mérito da polêmica à que se refere o texto. (B) Não é aqueles que se instalam nos gabinetes oficiais que cabe a interdição do uso de uma língua à cuja preservação estejam devotados milhares de falantes. (C) Quem visa à restringir a utilização de uma língua das minorias deveria também se ater à toda e qualquer má utilização das chamadas línguas oficiais. (D)) As decisões que se tomam à revelia do interesse das populações são semelhantes àquelas tomadas na vigência dos atos institucionais da ditadura militar. (E) Quem se manifeste contrário à uma única manifestação de arbitrariedade está manifestando sua hostilidade à todas as medidas arbitrárias.

19. A má redação tornou incoerente a seguinte frase:

Avenida Mato Grosso 88 – centro –fone: 3324 5388 – www.neonconcursos.com.br

4

Neon Concursos – Simulado TRE – 02/07/2006 (A) Embora seja compreendido e falado por uma minoria, o nheengatu tem o direito de ser preservado como uma língua de uso, não podendo ser abolido por decreto. (B) Em virtude de ser compreendido e falado por uma minoria, o nheengatu deveria ser visto como prova da resistência de uma cultura, e não como ameaça social. (C)) A menos que o nheengatu fosse compreendido e falado por poucas pessoas, tampouco poderia ser analisado como um fato cultural de relevância. (D) Ainda que o nheengatu fosse compreendido e falado por poucas centenas de pessoas, isso não deixaria de constituir um fato de relevância cultural. (E) Muito embora seja compreendido e falado por uma pequena minoria, o nheengatu não deixa de ter um significativo valor cultural. 20. No contexto da frase Pela regra, só emissoras de ondas curtas podem operar com outros idiomas, mediante autorização do Ministério das Comunicações, I. podem operar com outros idiomas equivale a podem se valer de outros idiomas em suas transmissões. II. o termo mediante tem o sentido de salvo. III. o termo só tem o mesmo sentido que assume numa frase como Foi encontrado só, em seu quarto. Em relação ao enunciado, está correto o que se afirma em (A) I, II e III. (B) II e III, apenas. (C) I e III, apenas. (D) I e II, apenas. (E)) I, apenas. DIREITO ELEITORAL 21. (TRT-GO) O Poder Judiciário é exercido, entre outros órgãos: a) pelo Tribunal de Contas da União; b) pelo Ministério Público; c) pelas Juntas de Recursos da Previdência Social; d) pelo Conselho da Magistratura Estadual; e) pelos Juízes Eleitorais. 22. (Escola Superior MP-DF) O sistema eleitoral da Constituição Federal consagra: a) o princípio majoritário; b) o princípio de representação proporcional c) os dois, o majoritário e o de representação proporcional; d) nenhum dos dois, e, sim, um outro princípio: o do quociente eleitoral. 23. (MP-GO) Quando o cidadão brasileiro possui direitos políticos ativo e passivo? a) Quando ele pode votar e ser votado. b) Quando ele só pode ser votado. c) Quando ele exerce a cidadania plenamente. d) Quando ele só pode votar.

24. (MP-GO) O indivíduo adquire os direitos políticos:

a) com a prestação ou dispensa da prestação do serviço militar obrigatório; b) ao acalcar a maioridade civil; c) mediante o registro civil da pessoa natural; d) mediante o alistamento eleitoral, na forma de lei. 25. (Procurador INSS) Marque a opção correta. a) O alistamento eleitoral e o voto são facultativos para os analfabetos e para os maiores de dezesseis anos. b) O alistamento eleitoral e o voto são facultativos para os estrangeiros e para os conscritos durante o período do serviço militar obrigatório. c) São condições de elegibilidade, na forma da lei, a nacionalidade brasileira, o pleno exercício dos direitos políticos, o alistamento eleitoral, o domicílio eleitoral na circunscrição, a filiação partidária e a idade mínima discriminada na Constituição. d) Os partidos políticos de âmbito regional terão acesso gratuito ao rádio e à televisão na área de sua influência, nos termos da lei. e) Admite-se a cassação de direitos políticos nos casos de incapacidade civil absoluta; condenação criminal transitada em julgado, enquanto durarem seus efeitos; recusa de cumprir obrigação a todos imposta, como o serviço militar e de improbidade administrativa. 26. (TCU/97-CESPE/UnB) Assinale a opção correta que indica uma condição necessária para alguém seja candidato a deputado federal. a) Ser brasileiro nato. b) Ser alfabetizado. c) Ter dezoito anos. d) Não estar sendo processado criminalmente. e) Não ser filho do município onde esteja domiciliado para os fins eleitorais. 27. (TCU/97-CESPE/UnB) Julgue os itens que se seguem, relativos aos direitos políticos. I. A cassação de direitos políticos pode ser imposta ao cidadão no caso de improbidade administrativo. II. Para concorrer a outro cargo, o prefeito de um município deve renunciar ao respectivo mandato seis meses antes do pleito. III. Um cidadão com mais de setenta anos não é mais alistável como eleitor, de forma que não mais é obrigado a votar, logo, não pode ser candidato a cargo público eletivo. IV. A sede normativa própria para previsão de inelegibilidade é a Constituição que, nessa matéria, dispõe de forma exaustiva. Assinale a opção correta. a) Nenhum item está certo. b) Apenas um item está certo. c) Apenas dois itens estão certos. d) Apenas três itens estão certos. e) Todos os itens estão certos. 28. (PROC. REP. - MPU/14º CP) SÃO INELEGÍVEIS:

Avenida Mato Grosso 88 – centro –fone: 3324 5388 – www.neonconcursos.com.br

5

Neon Concursos – Simulado TRE – 02/07/2006 I.

os analfabetos, os estrangeiros e, durante o período do serviço militar obrigatório, os conscritos; II. no território da jurisdição do titular, os parentes consangüíneos ou afins, até o segundo grau ou por adoção, do Vice-Prefeito ou do ViceGovernador que tenham substituído o Chefe do Executivo dentro dos seis meses anteriores ao pleito, salvo se já titular de mandato eletivo e candidato à reeleição; III. para os mesmos cargos de Presidente da República, Governadores de Estado e do Distrito Federal, e Prefeitos, os que os tiverem exercido em qualquer época e os titulares ou quem os houver sucedido ou substituído no período de seis meses anteriores ao pleito; IV. os que incidirem nas hipóteses previstas em lei complementar, visando a proteger a probidade na administração pública, a moralidade no exercício do mandato, considerada a vida pregressa do candidato, e a normalidade das eleições contra o abuso do poder econômico ou de autoridade. Analisando as assertivas acima, pode-se afirmar que: a) todas estão corretas; b) somente as de números I e IV estão corretas; c) estão corretas apenas as de números II e III; d) as de números I, II, IV estão corretas.

29. (PROC. REP. - MPU/15º CP) O ALISTAMENTO ELEITORAL E O VOTO I. são obrigatórios para todos os brasileiros maiores de dezoito anos; II. são obrigatórios para os maiores de dezoito anos, brasileiros ou estrangeiros, exceto os analfabetos e os maiores de setenta anos, para os quais são facultativos; III. são ainda facultativos para os brasileiros maiores de dezesseis e menores de dezoito anos, sendo vedado, no entanto, o alistamento aos conscritos, durante o período do serviço militar obrigatório; IV. são obrigatórios para os brasileiros maiores de dezoito anos, exceto os analfabetos e os maiores de setenta anos, para os quais são facultativos. Analisando as asserções acima, pode-se afirmar que: a) estão corretas as de números II e III; b) apenas as de números I e IV estão corretas; c) estão corretas apenas as de números III e IV; d) somente a de número I está correta.

30. (PROC. REP. - MPU/16º CP) DE ACORDO COM AS NORMAS CONSTITUCIONAIS E LEGAIS DE ORGAZINAÇÃO E COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA ELEITORAL: a) compete ao Tribunal Superior Eleitoral processar e julgar os crimes eleitorais praticados pelos Governadores de Estados, Deputados Federais e Senadores; b) as decisões dos Tribunais Regionais Eleitorais são terminativas, delas não cabendo recurso, nas hipóteses de anulação de diplomas ou decretação de perda da mandatos eletivos nas eleições estaduais e municipais; c) cabe ao Tribunal Superior Eleitoral processas e julgar originariamente a ação rescisória nas questões relativas a inelegibilidades, quanto aos seus próprios Acórdãos e aos dos Tribunais Regionais Eleitorais e do Supremo Tribunal Federal; d) cabe recurso especial para o Tribunal Superior Eleitoral nas hipóteses de decisões dos Tribunais Regionais Eleitorais proferidas contra disposição expressa da Constituição ou da lei e de dissídio jurisprudencial na interpretação da lei entre dois ou mais Tribunais Eleitorais, sendo irrecorríveis as decisões daquela Corte Superior, salvo se contrariarem a Constituição e as denegatórias de habeas corpus ou mandado de segurança. 31. (PROC. REP. - MPU/17º CP) OS DIREITOS POLÍTICOS: a) não podem ser cassados ou suspensos em nenhuma hipótese no regime democrático; b) podem ser suspensos nos casos de improbidade administrativa e de condenação criminal transitada em julgado, enquanto durarem seus efeitos; c) serão cancelados, por decisão do Tribunal Superior Eleitoral, nas hipóteses de cassação de mandato de Parlamentar por violação do decoro; d) podem ser cassados definitivamente, nos casos de prática de crimes hediondos e terrorismo.

32. (PROC. REP. - MPU/17º CP) A LEI QUE ALTERAR O PROCESSO ELEITORAL: a) entrará em vigor na data de sua publicação, retroagindo apenas para beneficiar as candidaturas já registradas na Justiça Eleitoral; b) terá vigência imediata, valendo para as eleições em curso de forma isonômica para todos os Partidos Políticos; c) entrará em vigor na data de sua publicação, não se aplicando à eleição que ocorra até um ano da data de sua vigência; d) deverá sempre aprimorar o regime democrático sob pena de inconstitucionalidade moral;

Avenida Mato Grosso 88 – centro –fone: 3324 5388 – www.neonconcursos.com.br

6

Neon Concursos – Simulado TRE – 02/07/2006 33. (PROC. REP. - MPU/18º CP -2001) A JUSTIÇA ELEITORAL: a) é constituída pelo Tribunal Superior Eleitoral, pelos Tribunais Regionais Eleitorais e pelos Juízes e Juntas Eleitorais em todo o País, compostos os Tribunais exclusivamente de Ministros do Supremo Tribunal Federal, do Superior Tribunal de Justiça e de Juízes Federais; b) tem competência para realizar o alistamento eleitoral, o registro de partidos políticos e respectivos diretórios, o processo e julgamento do registro de candidaturas e das impugnações por inelegibilidade, a fiscalização da propaganda eleitoral, o processo e julgamento de crimes eleitorais (ressalvada a competência do Supremo Tribunal Federal e do Superior Tribunal de Justiça), as representações por abuso de poder econômico e de autoridade em matéria eleitoral, os recursos contra a diplomação e a ação de impugnação de mandato eletivo, dentre outras; c) deve decretar a perda do mandato do Deputado ou Senador, que sofrer condenação criminal em sentença transitada em julgado; d) somente realiza consulta prévia, mediante plebiscito, às populações diretamente interessadas, para criação, incorporação, fusão ou desmembramento de Municípios, se devidamente autorizada pelo Governador do Estado e os Prefeitos Municipais; 34. (Juiz de Direito/PR-1998) Assinale a alternativa correta: a) A Diplomação de candidatos eleitos para exercício de função política possui natureza constitutiva, não podendo ser admitida como ato declaratório. b) Inelegibilidade consiste no obstáculo posto pela Constituição Federal ou por Lei Complementar ao exercício da cidadania passiva, por certas pessoas, em razão de sua condição ou em face de certas circunstâncias, configurando ao inelegível verdadeira negação do direito de ser representante do povo no Poder; c) Podem ser criadas novas hipóteses de inelegibilidade através de Decreto, ainda que não tenham por fim proteger a normalidade e legitimidade das eleições contra a influência do Poder Econômico ou abuso do exercício de função, cargo ou emprego na administração direta ou indireta; d) O objeto da ação de impugnação de mandato eletivo é a diplomação. 35. (Juiz de Direito/SP) A Constituição Federal estabelece idades mínimas para o exercício de cargos públicos eletivos. Assinale a alternativa incorreta. a) Vinte e um anos para Deputado Federal e para Deputado Estadual; b) Trinta anos para Governador de Estado; c) Trinta e cinco anos para Presidente da República; d) Vinte e um anos para Vereador e para Prefeito.

36. (Juiz de Direito/SP) O Alistamento eleitoral e o voto são: a) obrigatórios para os maiores de dezesseis anos e menores de vinte e um anos; b) facultativos para os maiores de dezoito anos; c) obrigatórios para os conscritos durante o período do serviço militar obrigatório; d) facultativos para os analfabetos e os maiores de setenta anos; e) obrigatórios para os estrangeiros residentes. 37. (Juiz de Direito/SP) Assinale a alternativa correta. No Brasil, o voto é: a) uma função que deve ser exercida pelo cidadão em benefício do bem comum; b) um direito que cada pessoa está livre de exercer segundo os ditames de sua consciência; c) essencialmente um direito privado; d) um favor do Estado concedido aos nacionais; e) expressão da liberdade de ir e vir. 38. (TRE/RJ-2001) Com relação aos direitos políticos, assinale a alternativa incorreta: a) No Brasil, o analfabeto é inelegível e vota facultativamente; b) Somente o brasileiro com idade mínima de 35 anos pode ser candidato ao cargo de senador; c) O presidente da República, para concorrer a outro cargo deve se licenciar 6 meses antes da eleição; d) Além das situações previstas no texto constitucional somente por lei complementar poderão ser previstas novas hipóteses de inelegibilidade; e) O texto constitucional proíbe a deliberação sobre proposta de emenda constitucional tendente a abolir o voto direto secreto, universal e periódico. 39. (TRE/RJ-2001) Assinale a alternativa que não indica uma das condições genéricas de elegibilidade previstas na Constituição: a) filiação partidária; b) alistamento eleitoral; c) domicílio eleitoral na circunscrição; d) pleno exercício dos direitos políticos; e) nacionalidade originária.

40. (TRE/RJ-2001) Quanto à composição dos Tribunais Eleitorais, assinale a afirmativa correta? a) Os componentes do Tribunal Superior Eleitoral são escolhidos por nomeação do Presidente da República e aprovação do Congresso nacional; b) Na composição dos membros do Tribunal Superior Eleitoral e Tribunal Regional Eleitoral, os juizes escolhidos pertencem à Justiça Federal; c) Para o Tribunal Superior Eleitoral e Tribunal Regional Eleitoral não é permitida a indicação para nomeação de advogados, ainda que de notável saber jurídico e idoneidade moral; d) O Presidente e o Vice-Presidente do tribunal Regional Eleitoral serão nomeados pelo Presidente

Avenida Mato Grosso 88 – centro –fone: 3324 5388 – www.neonconcursos.com.br

7

Neon Concursos – Simulado TRE – 02/07/2006 da República, entre os desembargadores do órgão do Tribunal de Justiça do Estado; e) Entre os membros do Tribunal Regional Eleitoral, haverá um juiz federal escolhido pelo Tribunal Regional Federal.

DIREITO ADMINISTRATIVO 41. [Anal. Jud.(Ár. Jud.)-TRF-5ªReg./2003-FCC].(Q.29) Um servidor público federal, que exerça remuneradamente cargo público de médico junto à Administração Direta, acumulando, de modo também remunerado, um cargo público de professor junto a uma autarquia federal, a) não pode acumular, remuneradamente, mais nenhum cargo ou emprego público, em nenhuma das esferas da Federação. b) pode ainda, remuneradamente, acumular um cargo público de médico ou de professor na esfera federal. c) pode ainda, remuneradamente, acumular um cargo público de médico ou de professor, desde que na esfera estadual ou na municipal. d) pode ainda, remuneradamente, acumular um emprego público de médico ou de professor em qualquer das esferas da federação. e) pode ainda, remuneradamente, acumular um emprego público de médico ou de professor, desde que na esfera estadual ou na municipal. 42. (Escrevente Judicial-TJ-MS/2000-FAPEC).(Q.66) Das alternativas abaixo, não constitui proibição ao servidor, de acordo com o seu Estatuto: a) deixar de comparecer ao serviço sem causa justificada. b) tratar de interesses particulares na repartição. c) Promover manifestações de apreço ou desapreço dentro da repartição, ou tornar-se solidário com ela. d) Exercer o comércio entre os companheiros de serviço. e) Nenhuma das alternativas anteriores. 43. (Escrevente Judicial-TJ-MS/2000-FAPEC).(Q.68) Pelo exercício irregular de suas atribuições o funcionário responde: a) Civil, penal e juridicamente: b) Penal e administrativamente: c) Civil, penal e administrativamente: d) Civil, penal e voluntariamente; e) Civil, penal e moralmente. 44. (Escrevente Judicial-TJ-MS/2000-FAPEC).(Q.71) Um instrumento usado pela administração para apurar responsabilidade de funcionário por infração pratica no exercício de suas atribuições é: a) Ação judicial. b) Reclamação trabalhista. c) Processo administrativo disciplinar. d) Comunicação interna- CI. e) Nenhuma das alternativas anteriores.

45. (Técnico Judiciário-TJ-MS/2000-FAPEC).(Q.36) Em MS, estatutariamente, será aplicada a pena de demissão que: a) ausentar-se do serviço, sem causa justificada, por trinta dias, interpoladamente, durante um ano; b) aplicar regularmente o dinheiro público; c) ausentar-se do serviço, justificadamente, por mais de sessenta dias, interpoladamente, durante um ano; d) ausentar-se do serviço, sem causa justificada, por mais de sessenta dias, interpoladamente, durante um ano; e) nenhuma das alternativas anteriores. 46. (Técnico Judiciário-TJ-MS/2000-FAPEC).(Q.49) De acordo com a norma estatutária, um funcionário da Administração direta demitido pela autoridade competente, com cláusula “a bem do serviço público”, foi absolvido no processo criminal por não ter sido o autor dos fatos apurados. Podemos dizer que essa absolvição: a) Afasta a responsabilidade civil ou administrativa; b) Afasta apenas a responsabilidade civil; c) Afasta apenas a responsabilidade administrativa; d) Não afasta apenas a responsabilidade civil ou administrativa; e) Nenhuma das alternativas anteriores. 47. (Auditor Fiscal-STN/1994-ESAF).(Q.17) As autarquias federais, pela sua natureza são consideradas pessoas: a) políticas; b) administrativas, com personalidade jurídica de direito privado; c) jurídicas de direito privado; d) administrativas, sem personalidade jurídica própria; e) jurídicas de direito público. 48. (TFC–93) A ação disciplinar, quanto às infrações cometidas pelos servidores públicos, puníveis com a penalidade de repreensão, prescreverá, em regra, em: a) 180 dias; b) 2 anos; c) 4 anos, d) 5 anos; e) 10 anos. 49. (Auditor Fiscal-STN/1991-ESAF).(Q.47) Quando determinada lei autoriza a Administração Pública a praticar atos, estabelecendo as condições de sua formalização, confere poder a) de polícia b) vinculado c) discricionário d) disciplinar e) regulamentar

Avenida Mato Grosso 88 – centro –fone: 3324 5388 – www.neonconcursos.com.br

8

Neon Concursos – Simulado TRE – 02/07/2006 50. (Auditor Fiscal-STN/1991-ESAF).(Q.49) O prazo para conclusão do processo disciplinar não excederá a) 30 dias improrrogáveis b) 30 dias prorrogáveis por igual prazo c) 60 dias improrrogáveis d) 60 dias prorrogáveis por igual prazo e) 90 dias improrrogáveis

d) não poderá optar pela nacionalidade brasileira antes de completar 15 anos de residência no Brasil. e) poderá optar pela nacionalidade brasileira.

51. (Anal.Jud.-Of.Just.Aval.-TRT/17ªREG/2004FCC).(Q.22) Tendo em vista a liberdade de associação profissional ou sindical é INCORRETO afirmar que a) o aposentado filiado continua com o direito de votar e ser votado nas organizações sindicais. b) é vedada, em qualquer hipótese, a dispensa do empregado sindicalizado a partir do registro da candidatura a cargo de direção sindical. c) é assegurada nas empresas com mais de duzentos empregados a eleição de um representante destes com finalidade exclusiva de promover-lhes o entendimento direto com os empregadores. d) cabe ao sindicato a defesa dos direitos e interesses coletivos e também individuais da categoria, inclusive em questões judiciais ou administrativas. e) é vedada a criação de mais de uma organização sindical, em qualquer grau, representativa de categoria profissional ou econômica, na mesma base territorial.

54. [Anal. Jud.(Ár. Jud.)-TRE-AC/2003-FCC].(Q.27) O objeto principal da ação direta de inconstitucionalidade genérica no direito brasileiro é a declaração da inconstitucionalidade de a) lei ou ato normativo federal, estadual ou distrital, incompatível, em tese, com a Constituição Federal, a ser proferida pelo Supremo Tribunal Federal. b) qualquer lei ou ato normativo federal, estadual ou municipal em face da Constituição Federal a ser proferida por qualquer membro do Poder Judiciário, produzindo efeitos apenas para as partes e no caso concreto. c) omissão do Poder Público, em relação às normas constitucionais de eficácia limitada, em que a Constituição investe o legislador na obrigação de expedir comandos normativos. d) qualquer lei ou ato normativo do Poder Público que venha a violar especial, e tão-somente, os princípios sensíveis constitucionais da forma do sistema representativo e do regime democrático. e) lei ou ato normativo federal, visto que os atos estaduais, municipais e distritais são regidos pelas constituições estaduais e desde que haja uma comprovada controvérsia judicial somada ao periculum in mora.

52. [Anal. Jud. (Ár. Adm.)-TRF-5ª Reg./2003FCC].(Q.48) No caso de iminente perigo público, a autoridade competente poderá usar de propriedade particular, a) mediante justa e prévia indenização, em dinheiro. b) desde que a propriedade não esteja cumprindo sua função social. c) assegurada ao proprietário indenização ulterior, se houver dano. d) mediante indenização prévia, em títulos da dívida pública. e) não tendo o proprietário direito a indenização, diante da urgência do interesse público.

55. [Téc. Jud.(Ar. Adm.)-TRT-24ª Reg./2003-FCC] (Q.48) São garantias dos juízes a) residir na respectiva comarca e participar de associação de qualquer natureza. b) exercer, estando em disponibilidade, qualquer outro cargo ou função, pública ou não. c) receber custas ou participação em processo, ainda que em disponibilidade. d) dedicar-se a atividade político-partidária, embora não possa se candidatar a cargo eletivo. e) inamovibilidade, salvo por motivo de interesse público, na forma do procedimento previsto na Constituição Federal.

DIREITO CONSTITUCIONAL

53. [Anal. Jud.(Ár. Jud.)-TRF-5ªReg./2003-FCC].(Q.33) José Carlos da Silva, filho de pai brasileiro e mãe estrangeira, nasceu em território estrangeiro, onde residiu por 25 anos, vindo, após, a residir no Brasil. Decorridos 2 anos de residência no País, José Carlos ingressou com pedido junto à Justiça competente para manifestar sua opção pela nacionalidade brasileira e adquiri-la em definitivo, nos termos da Constituição Federal. Nesse caso, José Carlos a) não poderá optar pela nacionalidade brasileira, já que é filho de mãe estrangeira. b) não poderá optar pela nacionalidade brasileira, já que residiu no estrangeiro até adquirir a maioridade. c) não poderá optar pela nacionalidade brasileira, já que a opção deveria ter sido feita quando do seu ingresso em território nacional.

56. [Têc. Jud.(Área Adm.)-TRT-7ª Região/2003.ESAF] (Q.56) É brasileiro nato o indivíduo que: a) embora nascido no Brasil, é filho de pais estrangeiros que se encontram no Brasil, a serviço do seu país de origem, como diplomatas. b) nasceu no exterior e nunca veio para o Brasil, sendo filho de pai estrangeiro e de mãe brasileira, que, à época do nascimento, residia no exterior por motivos particulares. c) nasceu no estrangeiro, filho de pai brasileiro, mas veio a residir no Brasil e optou pela nacionalidade brasileira. d) é de nacionalidade portuguesa e já reside no Brasil há mais de quinze anos. e) nasceu em outro país, é filho de pais estrangeiros, mas é neto de brasileira.

Avenida Mato Grosso 88 – centro –fone: 3324 5388 – www.neonconcursos.com.br

9

Neon Concursos – Simulado TRE – 02/07/2006 57. (Auxiliar Judiciário-TJ-CE/2002-ESAF).(Q.22) Assinale a hipótese em que é possível, nos termos da Constituição, a prisão civil por dívida: a) casos de dívida de jogo. b) casos de dívida para com a Fazenda Nacional, decorrente do não-pagamento de tributos. c) casos de prisão administrativa disciplinar no âmbito do serviço público civil. d) casos de depositário infiel. e) sempre que o homem deixa de pagar pensão alimentícia ao seu antigo cônjuge, não importando que tenha boa causa para não realizar a prestação.

58. [Anal. Jud.(Ár. Adm.)-TRT-20ª Reg./2002-FCC] (Q.37) Uma associação civil, regularmente constituída e em funcionamento há mais de um ano, caso tenha um direito líquido e certo seu violado, de modo ilegal e abusivo, por ato de autoridade pública, tem como remédio constitucional apropriado para sua defesa a) ação popular. b) mandado de injunção. c) ação civil pública. d) mandado de segurança. e) mandado de segurança coletivo.

59. [Anal. Jud.(Ár. Jud.)-TRF-4ª Reg./2001-FCC] (Q.37) Um mandado de segurança coletivo pode ser impetrado por a) partido político, exclusivamente em defesa de interesse de seus filiados. b) partido político, desde que tenha representação no Congresso Nacional. c) entidade sindical, somente quando constituída há mais de dois anos. d) associação educacional, em favor de seus membros, qualquer que seja o tempo de funcionamento. e) cooperativa, em favor de seus cooperados, somente quando constituída há mais de dois anos.

60. (Téc. Jud.-TJ-MS/2000-FAPEC) (Q.31) Em relação aos direitos individuais e coletivos garantidos pela Constituição Federal, podemos dizer: a) são admissíveis no processo, as provas obtidas por meio ilícito; b) ninguém será processado nem sentenciado senão pela autoridade competente; c) não cabe ao Estado prestar assistência jurídica integral e gratuita aos que comprovarem insuficiência de recursos; d) o Estado não se responsabilizará o nem indenizará o condenado, por erro judiciário; e) nenhuma das alternativas anteriores.

INFORMÁTICA 61- Com relação a instalação e características de redes de computadores é correto afirmar que a) existem vários modos de passar o cabo através do espaço do escritório. É recomendado que se utilize o mesmo duto utilizado pelos cabos de energia elétrica devido à proteção já existente neste tipo de duto. b) se devem manter as configurações dos fios nas duas pontas dos cabos seguindo-se os tipos T568A e T568B. Todos os cabos que forem utilizados para conectar um computador a um HUB devem utilizar o tipo T568A em uma extremidade e o tipo T568B na outra. Caso contrário, o índice de colisão na rede será elevado. c) acesso remoto é a tecnologia que conecta um computador a um Hub utilizando conexão de rede sem fio do tipo infravermelho. d) uma Ethernet é uma Intranet quando esta tem acesso contínuo à Internet ou a outra Intranet. e) em vez dos dados serem transmitidos por impulsos elétricos correndo por fios de cobre, as conexões sem fio usam impulsos produzidos por microondas, luzes de laser, sinais de rádio ou luz infravermelha. 62- Analise as seguintes afirmações relacionadas a conceitos gerais de Informática: I - O chipset é conjunto de chips que compõem a memória RAM e a memória cache de um computador. II - O barramento AGP (Accelerated Graphics Port) é o padrão de barramento desenvolvido pela Intel. Trata-se de um slot à parte, sem qualquer ligação com os slots PCI e ISA, para ser utilizado exclusivamente por placas de vídeo 3D. III - O BIOS (Basic Input/Output System – sistema básico de entrada e saída) é a parte integrante do Sistema Operacional que gerencia o fluxo de dados entre o barramento do computador e os dispositivos periféricos a ele conectados. IV - A evolução dos sistemas de arquivos de FAT-16 para FAT-32 permitiu romper algumas limitações do tradicional sistema FAT-16. Uma delas foi o limite de 2 GB por partição existente no sistema FAT-16 que pode chegar a 2 Terabytes no sistema FAT-32. Indique a opção que contenha todas as afirmações verdadeiras. a) I e II b) II e III c) III e IV d) I e III e) II e IV 63- Analise as seguintes afirmações relativas a redes de computadores: I.No roteamento dinâmico, as tabelas de roteamento são atualizadas a partir de informações trocadas entre os roteadores. II. Os gateways são dispositivos usados na tradução entre protocolos de aplicação. III. Em redes TCP/IP, o protocolo de aplicação FTP é o mais utilizado para a transferência de arquivos. É um

Avenida Mato Grosso 88 – centro –fone: 3324 5388 – www.neonconcursos.com.br

10

Neon Concursos – Simulado TRE – 02/07/2006 serviço não orientado a conexão, usa o protocolo UDP e é normalmente provido na porta 21. IV. O protocolo SNMP usa o TCP para o trans-porte de mensagens entre estações de gerência e agentes, bem como descreve a estrutura das mensagens trocadas entre eles. São usadas as portas 161 e 162 para identificar agentes e gerentes. A transferência de informações é feita por pares de mensagens sincronizadas chamadas traps, que nascem ao serem enviadas dos agentes para as estações de gerência. Devido ao processo de confirmação de entrega, as mensagens do tipo traps são altamente confiáveis. Indique a opção que contenha todas as afirmações verdadeiras. a) I e II b) II e III c) III e IV d) I e III e) II e IV 64) Sobre as Impressoras marque a alternativa incorreta. a) impressora local é a conectada diretamente a uma das portas em seu computador. b) impressora lógica é a interface de software entre o sistema operacional e a impressora no Windows. Enquanto uma impressora é o dispositivo que faz a impressão real, uma impressora lógica é sua interface de software no servidor de impressão. Essa interface de software determina o modo como um trabalho de impressão é processado e como é roteado para seu destino (para uma porta local ou de rede, para um arquivo ou compartilhamento de impressora remota). Quando você imprime um documento, ele é colocado no spool (ou é armazenado) na impressora lógica antes de ser enviado para a impressora propriamente dita. c) impressora padrão é a impressora à qual um computador envia documentos, se você selecionar o comando Imprimir sem especificar antes qual impressora você quer usar com um programa. Você pode ter somente uma impressora padrão e ela deve ser a impressora utilizada com maior freqüência. d) Em ordem crescente de manutenção encontrar as impressoras matriciais, jato de tinta e laser respectivamente. e) As Impressoras Matriciais são necessárias para as tarefas que exigem impressão em formulários multivias, tarefa que pode ser realizada também pela a impressora a laser.

Levando em conta que as turmas são grupos de alunos e cada aluno pertence a somente uma turma, cada professor ministra a mesma matéria em uma ou mais turmas, só há um professor por matéria e uma turma recebe aulas de várias matérias. Os tipos de relacionamento que preenchem corretamente as lacunas acima são, respectivamente: (A) N:M, N:1, 1:1, N:M (B) 1:N, 1:1, 1:1, N:M (C) N:M, N:1, 1:N, N:M (D) N:M, 1:1, 1:1, N:M (E) N:M, N:1, 1:1, 1:N 66- O processo de cifragem e decifragem são realizados com o uso de algoritmos com funções matemáticas que protegem a informação quanto à sua integridade, autenticidade e sigilo. Quanto aos algoritmos utilizados nos processos de cifragem, decifragem e assinatura digital é correto afirmar que a) o uso da assinatura digital garante o sigilo da mensagem independentemente do tipo de chave utilizada. b) os algoritmos RSA para assinatura digital fazem o uso de chave simétrica. c) os algoritmos de chave simétrica têm como principal característica a possibilidade de utilização de assinatura digital e de certificação digital, sem alteração da chave. d) a criptografia de chave simétrica tem como característica a utilização de uma mesma chave secreta para a codificação e decodificação dos dados. e) a assinatura digital é obtida com a aplicação do algoritmo de Hash sobre a chave pública do usuário que deseja assinar digitalmente uma mensagem. 67- Num monitor de microcomputador sob controle do MS Windows, a resolução de tela mais alta a) reduz o tamanho dos itens e aumenta o tamanho da área de trabalho. b) aumenta o tamanho dos itens e reduz o tamanho da área de trabalho. c) aumenta os tamanhos dos itens e da área de trabalho. d) reduz os tamanhos dos itens e da área de trabalho. e) não afeta os tamanhos, somente a qualidade da imagem.

65- [Téc.Jud.(Ár.Ap.Espec.Esp.Progr. Sistemas)-TRERN/2005-FCC].(Q.29) Analise o quadro abaixo.

Avenida Mato Grosso 88 – centro –fone: 3324 5388 – www.neonconcursos.com.br

11

Neon Concursos – Simulado TRE – 02/07/2006 68- Observe a figura abaixo.

Fórmula exibida - =$A$1+$A2+b3 Com relação à planilha Excel, exibida acima, é correto afirmar que: a) Existe a presença excessiva de cifrões ($) nas fórmulas, já que o efeito dessa função pode ser obtido com apenas um cifrão ($) no início da fórmula. b) A presença dos cifrões ($)atribui o caráter de cálculo de valores monetários. c) Se a fórmula da célula C3 for alterada para =A$1+$A2+B3, a cópia depositada na célula D4, exibirá o resultado igual a 40. d) Se a fórmula da célula C3 for alterada para =A$1+$A2+B3, a cópia depositada na célula D4, a fórmula exibida será A$1+$A3+C4. e) A célula C3 tem como fórmula =$A$1+$A2+B3. Se esta célula for copiada para a célula D4, a fórmula dessa última será =$A$1+$A3+C4.

69- Os vírus que normalmente são transmitidos pelos arquivos dos aplicativos MS-Office são denominados tipo vírus de a) macro. b) boot. c) e-mail. d) setor de inicialização. e) arquivo executável.

70. A segurança dos computadores em rede, conforme princípios do controle interno, deve atender a três requisitos básicos: a) confidencialidade, eficiência e conformidade. b) eficácia, eficiência e integridade. c) eficácia, conformidade e confidencialidade. d) eficiência, integridade e disponibilidade. e) confidencialidade, integridade e disponibilidade.

71. A pessoa que quebra ilegalmente a segurança dos sistemas de computador ou o esquema de registro de um software comercial é denominado a) hacker. b) scanner. c) finger. d) cracker. e) sniffer. MATEMÁTICA 72. Sistematicamente, Fábio e Cíntia vão a uma mesmo restaurante: Fábio a cada 15 dias e Cíntia a cada 18 dias. Se em 10 de outubro de 2004 ambos estiveram em tal restaurante, outro provável encontro dos dois nesse restaurante ocorrerá em a) 9 de dezembro de 2004. b) 10 de dezembro de 2004. c) 8 de janeiro de 2005. d) 9 de janeiro de 2005. e) 10 de janeiro de 2005.

73. Para encher um tanque com água dispõe-se de duas torneiras I e II. Considere que, abrindo-se apenas I, o tanque estaria cheio após 12 minutos, enquanto que a II, sozinha, levaria 15 minutos para enchê-lo. Assim sendo se I e II fossem abertas simultaneamente, o tanque estaria cheiro em a) 6 minutos e 10 segundos b) 6 minutos e 15 segundos c) 6 minutos e 25 segundos d) 6 minutos e 30 segundos e) 6 minutos e 40 segundos.

74. Suponha que a jornada de trabalho de uma pessoa seja de 8 horas diárias. Certo dia, ela chegou ao trabalho quando eram decorridos 11/36 do dia, saiu para almoçar ás 12 horas e 15 minutos e retornou o trabalho às 13 horas. Se foi para casa quando eram decorridos 2/3 do mesmo dia, então sua jornada a) foi integralmente cumprida b) foi excedida em 10 minutos c) foi excedida em 5 minutos d) deixou de ser cumprida, pois faltaram 10 minutos. e) deixou de ser cumprida, pois faltaram 5 minutos.

Avenida Mato Grosso 88 – centro –fone: 3324 5388 – www.neonconcursos.com.br

12

Neon Concursos – Simulado TRE – 02/07/2006 75. Num mesmo dia, são aplicados a juros simples: 2/5 de um capital a 2,5% ao mês e o restante, a 18% no ano. Se, decorridos 2 anos e 8 meses da aplicação, obtém-se um juro total de R$ 7 600,00, o capital inicial era a) R$ 12 500,00 b) R$ 12 750,00 c) R$ 14 000,00 d) R$ 14 500,00 e) R$ 14 750,00

DIREITO CIVIL 76. [Anal. Jud.-(Ár.Adm.)-TRE-AP/2006-FCC].(Q.45) Considere as seguintes assertivas a respeito dos contratos, segundo o Código Civil Brasileiro: I. A liberdade de contratar será exercida em razão e nos limites da função social do contrato. II. Pode ser objeto de contrato a herança de pessoa viva. III. As partes não podem estipular contratos atípicos, mesmo sendo observadas as normas gerais fixadas em lei. IV. Nos contratos de adesão, são nulas as cláusulas que estipulem a renúncia antecipada do aderente a direito resultante da natureza do negócio. Está correto o que se afirma APENAS em a) I e II. b) I, II e III. c) I e IV. d) II, III e IV. e) III e IV.

77. [Anal. Jud.-(Ár.Jud.)-TRE-SP/2006-FCC].(Q.36) Iris é pródiga. Caio, por deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática pessoal dos atos da vida civil. Tício é excepcional, sem desenvolvimento mental completo. Com relação a capacidade para exercer pessoalmente os atos da vida civil, Iris, Caio e Tício são, respectivamente, a) absolutamente, absolutamente e relativamente incapazes. b) absolutamente, relativamente e absolutamente incapazes. c) relativamente, absolutamente e relativamente incapazes. d) relativamente, relativamente e absolutamente incapazes. e) absolutamente, relativamente e relativamente incapazes.

78. (Agente Fiscal de Rendas-SP/2006-FCC).(Q.17) A contagem do prazo para entrada em vigor das leis que estabeleçam período de vacância far-se-á com a a) inclusão da data da publicação e do último dia do prazo, entrando em vigor no dia subseqüente à sua consumação integral. b) exclusão da data da publicação e do último dia do prazo, entrando em vigor no dia subseqüente à sua consumação integral. c) inclusão da data da publicação e a exclusão do último dia do prazo, entrando em vigor no dia subseqüente à sua consumação integral. d) inclusão da data da publicação e a exclusão do último dia do prazo, entrando em vigor no mesmo dia de sua consumação integral. e) exclusão da data da publicação e a inclusão do último dia do prazo, entrando em vigor no dia subseqüente à sua consumação integral. 79. (Agente Fiscal de Rendas-SP/2006-FCC).(Q.19) Tendo a pessoa jurídica diversos estabelecimentos em lugares diferentes, a) seu domicílio será considerado somente o lugar onde funcionar a respectiva diretoria. b) considerar-se-á seu domicílio, apenas, a Capital Federal. c) não possui domicílio. d) seu domicílio será considerado, apenas, o lugar onde funcionar o principal estabelecimento. e) cada um deles será considerado domicílio para os atos nele praticados. 80. (Agente Fiscal de Rendas-SP/2006-FCC).(Q.20) São herdeiros necessários a) os descendentes, os ascendentes e os colaterais até o terceiro grau. b) apenas os descendentes e os ascendentes. c) os descendentes e os colaterais até o quarto grau. d) apenas o cônjuge sobrevivente, se o regime de casamento for o da comunhão universal de bens. e) os descendentes, os ascendentes e o cônjuge sobrevivente, qualquer que seja o regime de bens do casamento.

Avenida Mato Grosso 88 – centro –fone: 3324 5388 – www.neonconcursos.com.br

13

View more...

Comments

Copyright ©2017 KUPDF Inc.