Projeto de TCC- Unioeste 2015- Schopenhauer.

July 23, 2019 | Author: Angela Maria Silva | Category: Arthur Schopenhauer, Intuição, Conhecimento, Immanuel Kant, Causalidade
Share Embed Donate


Short Description

Projeto de Tcc para conclusão do curso de filosofia da unioeste. Tem como tema a obra O mundo como vontade e como repres...

Description

ANGELA MARIA M ARIA DA SILVA

A FANTÁSTICA FÁBRICA DE REPRESENTAÇÕES: DE SCHOPENHAUER A TEORIA DO CONHECIMENTO.

Toledo, 2!"

ANGELA MARIA DA SILVA

A FANTÁSTICA FÁBRICA DE REPRESENTAÇÕES: DE SCHOPENHAUER A TEORIA DO CONHECIMENTO.

Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Programa de Graduação em Filosofia do CCHS/U!"#ST#$ Campus de Toledo$ sob a orientação do Professor e %outor  &ilson Fre''atti(

Toledo, 2015

ANGELA MARIA DA SILVA

A FANTÁSTICA FÁBRICA DE REPRESENTAÇÕES: DE SCHOPENHAUER A TEORIA DO CONHECIMENTO.

Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Programa de Graduação em Filosoia do CC!"#$%&'("T(, Campus de Toledo, sob a orientação da

 )pro*ado em+ ##2015-

   Proessor.a/ 'rientador.a/+

ecebido pela proessora da isciplina em+ ##2015-

   Proessora da isciplina+

SUMÁRIO

! INTRODUÇ#O ..................................................................................................... $ 2 TEMA ................................................................................................................... $ % PROBLEMA .......................................................................................................... " $ OB&ETIVOS GERAIS............................................................................................ " -1 '34(T&'" ("P(C6F&C'" .............................................................................. " " &USTIFICATIVA .................................................................................................... ' ' METODOLOGIA ................................................................................................... ' ( REFERENCIAL TE)RICO ................................................................................... ( * CRONOGRAMA .................................................................................................... ! REFER+NCIAS...........................................................................................................!!

)

! INTRODUÇ#O 7' mundo 8 a minha representação9, assim "chopenhauer começa sua obra O Mundo como Vontade e Representação. Partindo desta tese, airma :ue, tudo :ue e;iste, e;iste apenas para o sujeito- (ssa airmação e;prime o modo de toda e;perinica e mesma coisa e sempre tomados en:uanto mat8ria ati*a, regidas pelas leis da causalidade, temporalidade e espacialidade, determinadas pelo sujeito :ue conhece!? uma relação sujeito e objeto para a ormação da representação, relação essa em :ue o sujeito tem uma recepti*idade do objeto intu=do, o sujeito 8 a:uilo :ue conhece sem ser conhecido e [email protected] o encontramos em [email protected] mesmos, no momento :ue conhecemos- 4? o objeto 8 a:uilo :ue 8 conhecido e :ue não pode conhecer  en:uanto tal"chopenhauer atribui um predom=nio do :uerer em relação ao intelecto, ou seja, o princ=pio >ltimo da realidade 8 algo irracional, um :uerer cego e inconsciente, denominado por ele como ontade- esta orma, tudo o :ue e;iste no mundo, a multiplicidade dos enAmenos emp=ricos, seria somente a maniestação de uma >nica ontade e não uma ação de um sujeito pensante(ste projeto tem como proposta central identiicar as ormas de conhecimento e a dierença entre o estado intuiti*o e o estado abstrato na maniestação da ontade nesse processo do conhecer- Para isso utiliBaremos a sua obra principal, O Mundo como Vontade e Representação, buscando entender a sua tese principal e sua rele*ncia para a [email protected] da ilosoia-

2 TEMA

 ) Teoria do conhecimento em )rthur "chopenhauer-

% PROBLEMA

*

Duais as ormas poss=*eis de conhecimento em "chopenhauerE

2 OB&ETIVO GERAL

Compreender :uais são as ormas de conhecimento em "chopenhauer os limites da aBão, e do principio de raBão como podemos conhecer algo al8m disso+ Como decirar o enigma do mundoE

2-1 '34(T&'" ("P(C6F&C'"

1- &n*estigar os conceitos de representação, corpo e *ontade em "chopenhauer2- elacionar esses conceitos acima citados para compreender as ormas de conhecimento em "chopenhauer- (ntender o :ue "chopenhauer deine como estado abstrato e estado intuiti*o- 'bser*ar as relaçHes sujeito#intelecto e o desdobramento da raBão para criação de conceitos5- )presentar o conceito de intuição est8tica para apreender a dierença estabelecida por "chopenhauer entre a *ontade objeti*a e *ontade como coisaIemIsiJ- Compreender e interpretar o papel da representação e da *ontade no :ue cerne o conhecimento humano% &USTIFICATIVA

+

 ) grande dierença do pensamento de )rthur "chopenhauer para os pensadores de sua 8poca 8 a de união entre corpo e intelecto, uma no*idade :ue podemos chamar de ousada, j? :ue, para a ilosoia em geral, ha*ia sempre uma suposta hierar:uia da raBão em relação ao corpoTanto para Kant, como para "chopenhauer o tempo e o espaço não são princ=pios e;tra=dos da e;peri
View more...

Comments

Copyright ©2017 KUPDF Inc.
SUPPORT KUPDF