Manual Hardware Placa Julia

October 6, 2017 | Author: Krisofferson Marini | Category: Usb Flash Drive, Booting, Ip Address, Computer Hardware, Random Access Memory
Share Embed Donate


Short Description

Manual placa Júlia (task sistemas)...

Description

Índice

Data: 8 de outubro de 2009

Apresentação.........................................................................2 I. Hardware............................................................................2 I.1. DESCRIÇÃO DOS COMPONENTES DA PLACA JULIA.....................................3 I.2. CONECTOR ALIMENTAÇÃO..........................................................................5 I.3. CONECTOR SERIAL..................................................................................... 6 I.4. CONECTOR ABA WIEGAND.........................................................................8 I.5. CONECTOR ENTRADA DIGITAL....................................................................9 I.6. CONECTOR SAIDA DIGITAL.......................................................................10 I.7. CONECTOR LED BI COLOR........................................................................12 I.8 CONECTOR USB........................................................................................ 13 I.9 CONECTOR TECLADO................................................................................ 14 I.10 CONECTOR DISPLAY................................................................................ 15 I.11 CONECTANDO JULIA – MICHELLE.............................................................16 I.12 CONECTANDO JULIA – COFRE..................................................................17 I.13 REAL TIME CLOCK - RTC..........................................................................18 I.14 ETHERNET............................................................................................... 19 I.15 BATERIA.................................................................................................. 20

II. Procedimento de Ligar e Desligar a Placa Júlia....................21 II.1 Ligando a Placa Júlia................................................................................ 21 II.2 Desligando a Placa Júlia...........................................................................22

III. Procedimento de Manutenção Utilizando PenDrive.............23 III.1 BACKUP das Marcações Salvas na Placa.................................................23 III.2 BACKUP Total do Conteúdo da Placa.......................................................23 III.3 Restore - Atualização do Conteúdo da Placa...........................................24

IV. COLETA – Descrição do Processo de COLETA.......................25 V. Utilitário para Configuração dos Endereços IP.....................27 VI. Utilitário para Teste de Hardware......................................31 VI.1 Menu de Opções de Teste.......................................................................32

Manual placa JULIA

Pag. 1 www.tasksistemas.com.br

Apresentação Este Manual é dirigido ao pessoal de Assistência Técnica e de Suporte responsáveis pela implantação da placa Júlia. Nosso objetivo é que este documento seja a referência básica de consulta, portanto consideraremos extremamente importantes todas as observações, sugestões e correções que auxiliem a torná-lo mais clara e preciso.

I. Hardware A placa Julia foi desenvolvida utilizando tecnologia SMD, foi selecionado o processador AT91RM92000, sendo que o sistema possui ainda uma memória FLASH com capacidade de 16 MB e memória RAM com capacidade de 32 MB. O processador tem a capacidade de executar 200 milhões de instruções por segundo (200 MIPS) com o CLOCK de 180 MHz. O sistema operacional escolhido foi o LINUX-ARM, todo o código usado no desenvolvimento é C++, sendo que o usuário será capaz de escrever rotinas em LUA para customizar a placa para a sua aplicação.

Manual placa JULIA

Pag. 2 www.tasksistemas.com.br

I.1. DESCRIÇÃO DOS COMPONENTES DA PLACA JULIA. A seguir estão descritos os principais componentes da placa JULIA. Estrepes (JUMPERS)     

J1: Estrepe de configuração inicial, não usado em campo, configurado para fechado entre os pinos 2 e 3. J3: Estrepe de configuração inicial, não usado em campo, configurado para fechado entre os pinos 2 e 3.( válido APENAS para placa CPU versão 1.0 ) J6: Estrepe de configuração inicial, não usado em campo, configurado fechado. J7 a J10: Configura o sinal do pino 4 dos canais seriais P004, P104, P204 e P304. J12 a J19: Configura os RELES de saída digital para NA ou NF.

Conectores                

CN6: Conector de alimentação externa P2: Entrada DIGITAL ISOLADA P3: Saída RELE CONTATO SECO P4: Entrada leitoras ABA / WIEGAND P004: Entrada Leitora serial #1 P103: Conector REDE P104: Entrada Leitora serial #2 P106: Conector Teclado #1 P107: Conector USB #1 P108: Conector Display #1 P204: Entrada Leitora serial #3 P206: Conector Teclado #2 P207: Conector USB #2 P208: Conector Display #2 P304: Entrada Leitora serial #4 P5: Conector LED BI-COLOR

Manual placa JULIA

Pag. 3 www.tasksistemas.com.br

LAYOUT DA PLACA JULIA

Manual placa JULIA

Pag. 4 www.tasksistemas.com.br

I.2. CONECTOR ALIMENTAÇÃO. A placa JULIA foi projetada para operar com uma alimentação de 12Volts / 1.5Amp. O Consumo normal da placa Julia, com bateria, teclado, display e leitora é de aproximadamente 600ma. Conectamos a alimentação através do conector CN6.

Manual placa JULIA

Pag. 5 www.tasksistemas.com.br

I.3. CONECTOR SERIAL. A placa JULIA possui quatro conectores para uso em dispositivos que utilizam a comunicação serial. Estes conectores podem ser configurados para alimentar o dispositivo externo com 5 Volts DC caso seja necessário.

PINAGEM P004 e P104 Pino 01 02 03 04 05 06 07 08 09

Sinal RX TX DTR ou 5VDC GND RTS CTS RI

Descrição NÃO USADO Receive Transmit Data Terminal Ready / 5VDC Ground NÃO USADO Request To Send Clear To Send Ring Indicator

PINAGEM P204 e P304 Pino 01 02 03 04 05 06 07 08 09

Sinal RX TX DTR ou 5VDC GND RTS CTS -

Descrição NÃO USADO Receive Transmit Data Terminal Ready / 5VDC Ground NÃO USADO Request To Send Clear To Send NÃO USADO

Manual placa JULIA

Pag. 6 www.tasksistemas.com.br

Por definição, cada conector de uma porta serial esta associada a uma leitora que poderá ser alimentada pelo próprio conector serial, via pino 4, bastando para isso selecionar o estrepe da porta serial. A seleção do sinal do pino 4 é efetuada através dos estrapes J7, J8, J9 e J10, que configuram os canais seriais 1, 2, 3 e 4. Jumper J8 J7 J9 J10

Leitora Leitora #1 Leitora #2 Leitora #3 Leitora #4

Sinal do Pino 4 DTR 5 VDC

Conector P004 P104 P204 P304

Posição do Jumper 1-2 2-3

Manual placa JULIA

Pag. 7 www.tasksistemas.com.br

I.4. CONECTOR ABA WIEGAND A placa JULIA possui um conector para uso em dispositivos que utilizam a comunicação no padrão ABA / WIEGAND, este conector pode ser configurado via software para se conectar às leitoras do tipo ABA ou WIEGAND. O conector é subdividido em quatro partes, sendo assim ele pode se ligado a 4 leitoras distintas.

PINAGEM DO CONECTOR P4 PINO

SINAL

DESCRIÇÃO

1

5 VDC

2 3 4 5 6

DATA0/DATA DATA1/CLOCK

Alimentação do Leitor #5 Sinal de dados Leitor #5 Sinal de dados Leitor #5

7 8 9 10 11

DATA0/DATA DATA1/CLOCK

12 13 14 15 16

DATA0/DATA DATA1/CLOCK

17 18 19 20

DATA0/DATA DATA1/CLOCK

Terra de Sinal Leitor #7 Alimentação do Leitor #8 Sinal de dados Leitor #8 Sinal de dados Leitor #8

GND

Terra de Sinal Leitor #8

GND 5 VDC

GND 5 VDC

GND 5 VDC

Manual placa JULIA

Terra de Sinal Leitor #5 Alimentação do Leitor #6 Sinal de dados Leitor #6 Sinal de dados Leitor #6 Terra de Sinal Leitor #6 Alimentação do Leitor #7 Sinal de dados Leitor #7 Sinal de dados Leitor #7

Pag. 8 www.tasksistemas.com.br

Manual placa JULIA

Pag. 9 www.tasksistemas.com.br

I.5. CONECTOR ENTRADA DIGITAL A placa JULIA possui um conector para monitorar as entradas digitais, este conector é capaz de ser ligado a 8 entradas digitais isoladas.

PINAGEM DO CONECTOR P2 PINO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

INPUT INPUT INPUT INPUT INPUT INPUT INPUT INPUT INPUT INPUT INPUT INPUT INPUT INPUT INPUT INPUT

SINAL #1 + #1 #2 + #2 #3 + #3 #4 + #4 #5 + #5 #6 + #6 #7 + #7 #8 + #8 -

Entrada Entrada Entrada Entrada Entrada Entrada Entrada Entrada Entrada Entrada Entrada Entrada Entrada Entrada Entrada Entrada

Manual placa JULIA

DESCRIÇÃO Digital 1 – sinal positivo Digital 1 – sinal negativo Digital 2 – sinal positivo Digital 2 – sinal negativo Digital 3 – sinal positivo Digital 3 – sinal negativo Digital 4 – sinal positivo Digital 4 – sinal negativo Digital 5 – sinal positivo Digital 5 – sinal negativo Digital 6 – sinal positivo Digital 6 – sinal negativo Digital 7 – sinal positivo Digital 7 – sinal negativo Digital 8 – sinal positivo Digital 8 – sinal negativo

Pag. 10 www.tasksistemas.com.br

I.6. CONECTOR SAIDA DIGITAL A placa JULIA possui um conector para controlar as saídas digitais, este conector é capaz de controlar 8 saídas digitais isoladas, usando contato seco a RELE.

PINAGEM DO CONECTOR P3 PINO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

SINAL OUTPUT #1 OUTPUT #1 OUTPUT #2 OUTPUT #2 OUTPUT #3 OUTPUT #3 OUTPUT #4 OUTPUT #4 OUTPUT #5 OUTPUT #5 OUTPUT #6 OUTPUT #6 OUTPUT #7 OUTPUT #7 OUTPUT #8 OUTPUT #8

DESCRIÇÃO Contato do Relê 1 Contato do Relê 1 Contato do Relê 2 Contato do Relê 2 Contato do Relê 3 Contato do Relê 3 Contato do Relê 4 Contato do Relê 4 Contato do Relê 5 Contato do Relê 5 Contato do Relê 6 Contato do Relê 6 Contato do Relê 7 Contato do Relê 7 Contato do Relê 8 Contato do Relê 8

Manual placa JULIA

Pag. 11 www.tasksistemas.com.br

Os contatos dos relês são pré-configurados como normalmente aberto (NA) e estão disponíveis no conector P3 da placa JULIA. Esta configuração pode ser alterada através do estrape, segundo a tabela abaixo. Saída Digital OUTPUT #1 OUTPUT #2 OUTPUT #3 OUTPUT #4 OUTPUT #5 OUTPUT #6 OUTPUT #7 OUTPUT #8

Estrape de Configuração J12 J13 J14 J15 J16 J17 J18 J19

Cada saída pode ser configurada para ser normalmente fechada (NF). Tipo de Contato Normalmente Aberto (NA) Normalmente Fechado (NF)

normalmente aberto (NA)

ou

Posição do estrape 1-2 2-3

Manual placa JULIA

Pag. 12 www.tasksistemas.com.br

I.7. CONECTOR LED BI COLOR Podemos controlar dois LEDS BI COLOR através do conector P5. Este conector possui ainda uma porta serial que é usada exclusivamente para o carregamento inicial do FIRMWARE.

PINAGEM DO CONECTOR P5 PINO 1 2 3 4 5

SINAL 3.3 VDC TX-DBG RX-DBG GND-DBG LED#1 GND

6

LED#2 GND

7 8 9 10

LED#1 VERDE LED #2 VERDE LED#1 VERMELHO LED#2 VERMELHO

DESCRIÇÃO 3.3 VDC TX –RS232 DEBUG RX –RS232 DEBUG GND –RS232 DEBUG Terra de Sinal LED#1 Terra de Sinal LED#2 Verde LED#1 Verde LED#2 Vermelho LED#1 Vermelho LED#2

O FIRMWARE foi projetado para fazer com que cada LED BICOLOR tenha quatro estados. Estado do LED APAGADO VERDE VERMELHO AMBAR

SINAL LED VERMELHO

SINAL LED VERDE

INATIVO INATIVO ATIVO ATIVO

INATIVO ATIVO INATIVO ATIVO

Manual placa JULIA

Pag. 13 www.tasksistemas.com.br

I.8 CONECTOR USB A placa JULIA possui previsão para dois conectores para conexão USB, P107 e P207.

Atualmente esta implementado apenas o conector P207, onde podemos utilizar um PEN DRIVE para manutenção da placa Júlia, conforme descrito na seção MANUTENÇÃO. Observação: Todo PEN DRIVE tem que ser validado pela Task-RJ. Atualmente podemos utilizar um PEN DRIVE validado pela TASK SISTEMAS para efetuar BACKUP e RESTORE do FIRMWARE, bastando para isso conectar o PEN DRIVE no conector P207 e seguir os passos descritos na seção BACKUP e RESTORE placa JULIA.

Manual placa JULIA

Pag. 14 www.tasksistemas.com.br

I.9 CONECTOR TECLADO Podemos conectar até dois teclados à placa JULIA, No conector P106 temos o teclado #1 e no conector P206 o teclado #2.

PINAGEM DOS CONECTORES P206 e P106 Pin o 1

Sina l C4

3

C2

5

R1

7

C1

9

R4

11

C3

13

R3

15

R2

Descrição Coluna 4 teclado Coluna 2 teclado Linha 1 teclado Coluna 1 teclado Linha 4 teclado Coluna 3 teclado Linha 3 teclado Linha 2 teclado

Pin o 2

Sina l -

Descrição

4

-

NÃO USADO

6

-

NÃO USADO

8

-

NÃO USADO

10

-

NÃO USADO

12

-

NÃO USADO

14

-

NÃO USADO

16

-

NÃO USADO

NÃO USADO

Foi considerado que o teclado a ser usado é do tipo matricial, com a seguinte configuração da matriz:

Manual placa JULIA

Pag. 15 www.tasksistemas.com.br

I.10 CONECTOR DISPLAY Podemos conectar dois DISPLAYs à placa JULIA.No conector P108 temos o DISPLAY #1 e no conector P208 o DSIPLAY #2.

PINAGEM DOS CONECTORES P208 e P108 Pin o 1

Sina l GND

Descrição Terra de Sinal

Pin o 2

Sina l 3.3V

3

Descrição

CT

Contraste

4

RS

5

RW

Read Write

6

E

Enable

7

B0

Data 0

8

B1

Data 1

9

B2

Data 2

10

B3

Data 3

11

B4

Data 4

12

B5

Data 5

13

B6

Data 6

14

B7

Data 7

15

BL+

Back Light +

16

BL-

Back Light -

VCC

Foi considerado no projeto display de 2 linhas por 16 colunas.

Manual placa JULIA

Pag. 16 www.tasksistemas.com.br

I.11 CONECTANDO JULIA – MICHELLE Uma das aplicações da placa Julia será o controle das catracas WESTERN usando a placa controladora MICHELLE. O diagrama a seguir mostra como conectar as duas placas.

DIAGRAMA DE CONEXÃO JULIA – MICHELLE JULIA

MICHELLE

Entrada J2 – 1 J2 – 2 J2 – 3 J2 – 4

Saída +S1 -S1 +S2 -S2

Saída J3 – 1 J3 – 2 J3 – 3 J3 – 4

Entrada GND E1 GND E2

Importante: Certifique-se que os JUMPERS J1 e J2 da placa MICHELLE estejam inseridos na posição NA. Para maiores informações vide o manual da placa Michele.

Manual placa JULIA

Pag. 17 www.tasksistemas.com.br

I.12 CONECTANDO JULIA – COFRE Quando usamos catraca com cofre, podemos controlar diretamente usando sensor com contato seco. Utilizamos para controle do cofre a placa Paula. JULIA Entrada J2 - 5 J2 – 6 Saída J3 – 5 J3 – 6

CATRACA Saída – Placa Paula RELE SENSOR COFRE RELE SENSOR COFRE SOLENOIDE COFRE +12VDC

GND

Usar diodo retificador 4007 no solenóide para evitar retorno para a Placa Julia.

12vc c

GND

Fonte externa 12VCC

5

Manual placa JULIA

Pag. 18 www.tasksistemas.com.br

I.13 REAL TIME CLOCK - RTC A placa JULIA utiliza o circuito integrado DS1305 desenvolvido especificamente para manter a data e hora do sistema. Este circuito integrado é alimentado exclusivamente por uma bateria do tipo pilha(CR2016) e utiliza um cristal de 32,768Hz.

Manual placa JULIA

Pag. 19 www.tasksistemas.com.br

I.14 ETHERNET Para termos acesso aos recursos de rede, utilizamos na placa JULIA o circuito integrado DAVICOM DM9161EP. Este integrado tem a capacidade de funcionar em 100 ou 10 Mbits e em modo FULL ou HALF DUPLEX.

O sistema operacional possui a capacidade de verificar e ajustar o modo de operação do circuito integrado à rede onde ele esta conectado.

Visualmente é possível identificar se estamos conectados ou não a uma rede, bastando para isso observar se o LED VERDE esta aceso, o LED AMARELO ficará aceso sempre que estivermos conectados a uma rede com fluxo de dados FULL DUPLEX. Quando estamos executando o programa de diagnóstico de HARDWARE, podemos verificar o status da conexão com a REDE. A placa sairá de fábrica com a rede configurada a 10Mbits – Half duplex sem negociação. Para alterar essa configuração podemos usar o utilitário descrito no item V desse manual ou através do utilitário TaskconfiguradorJulia.exe.

Manual placa JULIA

Pag. 20 www.tasksistemas.com.br

I.15 BATERIA Por concepção a placa JULIA deverá sempre funcionar com a bateria acoplada, esta condição se deve ao fato de termos uma ótima performance no sistema de controle. A bateria deverá obrigatoriamente estar instalada no espaço destinado a ela na placa, pois a placa possui um sensor de temperatura que ajustará a carga da bateria monitorando além da corrente, a temperatura da mesma. A bateria do sistema é um conjunto de 6 pilhas AAA NI-MH 21000MAH.

Manual placa JULIA

Pag. 21 www.tasksistemas.com.br

II. Procedimento de Ligar e Desligar a Placa Júlia II.1 Ligando a Placa Júlia Para ligarmos a placa Julia, primeiramente conectamos a cabo de alimentação externa no conector CN6 e em seguida conectamos a bateria. A Placa Júlia foi desenvolvida para operar o FIRMWARE automaticamente. Ao ser ligada, a placa carrega o sistema operacional Linux, em seguida irá emitir um aviso sonoro de 3 BIPS e entrará em modo de diagnostico de HARDWARE exibindo no display a mensagem de teste de HARDWARE.

**** JULIA **** TESTE DE HARDWARE Ao entrar em modo diagnóstico, o sistema exibe a tensão da bateria por 3 segundos.

Nível da Bateria 8.00 Volt Se o usuário apertar qualquer tecla do teclado 1 (com exceção a tecla #), o sistema entrará no utilitário de teste, veja item VI. Utilitário para Teste de Hardware, caso contrário o sistema continuará o boot e executará o firmware exibindo no display a mensagem de Boot Julia.

TASK SISTEMAS BOOT JULIA Ao final do processo de inicialização teremos no display a mensagem padrão para modo OFFLINE.

TASK 01/01/70 INOVA * 00:00:00

Manual placa JULIA

Pag. 22 www.tasksistemas.com.br

II.2 Desligando a Placa Júlia Para desligar a placa Julia temos que digitar *9999# no teclado 1. Neste momento a mensagem de reboot será exibida no display e as marcações offline serão salvas na placa. Essa mensagem permanecerá no display durante a finalização do firmware e dependerá da quantidade de marcações que serão salva.

TASK SISTEMAS REBOOT JULIA Em seguida o sistema será reiniciado e as mensagens de passo do boot serão exibidas até chergarmos as mensagens descritas no item II.1 Ligando a Placa Julia.

REBOOT JULIA... PASSO n **** JULIA **** TESTE DE HARDWARE Quando a mensagem Teste de Hardware for exibida desconectar a energia externa e desconectar a bateria. Temos que aguardar o sistema reiniciar para garantir a integridade do mesmo. .

ATENÇÃO: O CUMPRIMENTO DESTES PROCEDIMENTOS GARANTIRÁ O BOM FUNCIONAMENTO DO SISTEMA.

Manual placa JULIA

Pag. 23 www.tasksistemas.com.br

III. Procedimento de Manutenção Utilizando PenDrive Neste item descrevemos como copiar dados da placa para um PenDrive e viseversa.

III.1 BACKUP das Marcações Salvas na Placa Para copiar as marcações OFFLINE contidas na placa Júlia: 1. Conectar o PenDrive a um PC. 2. Criar o diretório “backup_log” no PenDrive 3. Conectar o PenDrive a placa 4. Teclar “*9999#” no teclado 1 da placa O sistema irá reiniciar e durante o processo de inicialização o PenDrive será identificado e mapeado, neste momento a placa Julia identifica a existência do diretório “backup_log” no PenDrive e inicia a copia das Marcações para o PenDrive. O BACKUP das marcações dura em torno de 30 segundos, esse tempo pode aumentar dependendo da quantidade de marcações OFFLINE. Quando o sistema exibir a mensagem padrão de Offline ou Online podemos desconectar o PenDrive. Nota: O arquivo criado na pasta “backup_log” do PenDrive será numerado (“offlinelog1.xml”, “offlinelog2.xml”, etc...), possibilitando o uso do mesmo em placas distintas, com isso evitamos a perda de dados.

III.2 BACKUP Total do Conteúdo da Placa Para copiar todas as informações contidas na placa Júlia: 1. 2. 3. 4.

Conectar o PenDrive a um PC. Criar o diretório “backup_full” no PenDrive Conectar o PenDrive a placa Teclar “*9999#” no teclado 1 da placa

O sistema irá reiniciar, durante o processo de inicialização o PenDrive será identificado e mapeado, neste momento a placa Julia identifica a existência do diretório “backup_full” no PenDrive e inicia a copia de todos os arquivos existentes. Quando o sistema exibir a mensagem padrão de Offline ou Online podemos desconectar o PenDrive. O Backup_full dura em torno de 5 minutos. Nota: O arquivo criado na pasta “backup_full” do PenDrive será numerado (“software1.tar”, “software2.tar”, etc...), possibilitando o uso do mesmo em placas distintas, com isso evitamos a perda de dados. Manual placa JULIA

Pag. 24 www.tasksistemas.com.br

III.3 Restore - Atualização do Conteúdo da Placa Para restaurar todas as informações contidas na placa Júlia: 1. 2. 3. 4. 5.

Conectar o PenDrive a um PC. Criar o diretório “restore” no PenDrive Copiar o arquivo software.tar fornecido para o diretório “restore” Conectar o PenDrive a placa Teclar “*9999#” no teclado 1 da placa

O sistema irá reiniciar e durante o processo de inicialização o PenDrive será identificado e mapeado, neste momento a placa Julia identifica a existência do arquivo “software.tar” contido no diretório “restore” do PenDrive e inicia a restauração do software para a Placa Julia. Quando o sistema exibir a mensagem padrão de Offline ou Online podemos desconectar o PenDrive. O Restore total dura em torno de 5 minutos .

Manual placa JULIA

Pag. 25 www.tasksistemas.com.br

IV. COLETA – Descrição do Processo de COLETA O Processo de COLETA OFFLINE possibilita que se faça a coleta das marcações diretamente para um dispositivo PEN DRIVE. O PEN DRIVE deverá conter obrigatoriamente o diretório /inova, pois o processo de coleta irá criar o arquivo que contém as marcações neste diretório. Caso não exista a coleta não será efetuada. O arquivo será criado com o nome respeitando o seguinte formato: “logoffline_AAAAMMDD_HHNNSS_CCCC.Tar”, onde AAAA = Ano, MM = Mês, DD = Dia, HH = Hora, NN = Minuto, SS = Segundo e CCCC = Número da placa. Para efetuar a coleta das marcações basta executar os seguintes passos: 1. Conectar o PEN DRIVE à placa. 2. Certifique-se que o equipamento esteja OFFLINE. Se o equipamento estiver ONLINE ele não irá executar esta operação. 3. Teclar o código “*265382”. Esta é a seqüência de teclas que identificam que a operação desejada é a de coleta das marcações. Ela corresponde às teclas “COLETA” de um teclado telefônico. Desta forma, caso seja esquecida basta olhar para o teclado de qualquer telefone (celular inclusive) e procurar pelas teclas que montam a palavra “COLETA”. Este código pode ser alterado através do utilitário TaskConfiguradorJulia.exe. 4. Teclar senha. Esta senha é a cadastrada através do utilitário TaskConfiguradorJulia.exe. Caso nenhuma senha tenha sido cadastrada, a senha inicial será válida. Esta senha inicial é a “2653”. 5. Selecionar uma das opções disponíveis através da tecla correspondente: “1” - COLETA MARCAÇÕES – Esta opção irá coletar as marcações que estão na memória da placa e que ainda não foram coletadas. “3” - COLETA MARCAÇÕES JÁ COLETADAS. – Esta opção irá copiar os arquivos contendo as marcações coletadas anteriormente e que ainda não foram excluídos da placa. 6. Retirar o PEN DRIVE.

Manual placa JULIA

Pag. 26 www.tasksistemas.com.br

Todas as vezes que uma coleta é efetuada (opção “1”) as marcações são copiadas para o PEN DRIVE, mas também são mantidas na placa em um diretório específico. São mantidos até n arquivos, cujo default são 7, com marcações já coletadas. Esse default pode ser alterado através do utilitário TaskConfiguradorJulia.exe. Desta forma é possível copiar novamente os arquivos com as marcações já coletadas caso seja necessário. O processo de coleta de marcações “já coletadas” (opção “3”) fará apenas a cópia dos arquivos gerados e coletados anteriormente e não coletará as marcações que ainda estão em memória. Os arquivos coletados devem ser tratados pelo TaskConverteLogJulia.exe. Para maiores esclarecimentos vide Manual TaskConverteLogJulia.doc.

Manual placa JULIA

utilitário

Pag. 27 www.tasksistemas.com.br

V. Utilitário para Configuração dos Endereços IP Este utilitário está incorporado ao firmware e será acessado diretamente pelo teclado. 1. Tenha em mãos a lista de endereços IP dos coletores e do micro do online a serem configurados. 2. Caso o Cliente não seja capaz de fornecer as informações de Máscara de sub-rede e endereço IP do Gateway, entre numa janela DOS em um micro qualquer da rede do Cliente e digite o comando IPCONFIG. Este utilitário exibe a máscara de sub-rede e o gateway corretos do Cliente.

3. Ligue o coletor a ser configurado. Este deverá automaticamente entrar no firmware carregado na placa. 4. Digite “*21994949” para ativar o utilitário. 5. Será exibida no display a mensagem: ACB Configuration

Password: Informe a senha. O firmware irá comparar a senha digitada com a senha cadastrada no script de configuração. A senha default, que sairá de fábrica, é “9999”. Está senha poderá ser alterada ao final do utilitário. 6. Se a senha não estiver correta, será exibida no display a mensagem: Password Not correct Retornando ao passo 5. 7. Se a senha estiver correta, será dado início à alteração dos parâmetros. Caso não precise alterar o parâmetro que está sendo exibido basta digitar “enter” que o valor atual será mantido. 8. Após cada parâmetro será exibida a mensagem: Manual placa JULIA

Pag. 28 www.tasksistemas.com.br

Config Succeded *-Review #-Accept Digite “*” para reeditar o valor informado para o parâmetro. Digite “#” para confirmar e salvar o valor informado para o parâmetro .

9. Se o valor informado no item 8 foi “#” a mensagem : Config Saved Será exibida no display.

10. Socket Mode – Informe 1 se a placa for client e 2 se a placa for Server. O default será Server. Socket Mode: 1- Client 2- Server 11.IP Address – Infome o IP da placa no formato xxx*xxx*xxx*xxx. O asterisco deve ser usado no lugar do ponto. IP Address: 10*1*2*204 12. NetMask – Informe a máscara de rede no formato xxx*xxx*xxx*xxx. NetMask: 255*255*0*0 13. Gateway IP – Informe o endereço IP do gateway no formato

xxx*xxx*xxx*xxx. Gateway IP: 10*1*0*1

14.Board Comm Port – Informe a porta de comunicação que será usada pela placa com 4 dígitos. Valor default é 8080. Manual placa JULIA

Pag. 29 www.tasksistemas.com.br

Board Comm Port: 8080 15. PC Comm Port – Informe a porta de comunicação que será usada pelo micro do online com 4 dígitos. Valor default é 8080. PC Comm Port: 8080 16. First Server IP – Informe o endereço IP do micro do Online no formato xxx*xxx*xxx*xxx . First Server IP: 10*1*1*117 17. Second Server IP – Informe o endereço IP secundário para o micro do Online no formato xxx*xxx*xxx*xxx. Caso não exista um endereço IP secundário, informar aqui o mesmo endereço IP do item 16. Second Server IP: 10*1*1*117 18.Board ID – Informe o número da placa. Board ID: 4

19.Autoneg – Informe 1 se a placa não for autonegociar a velocidade da rede com o switch ou 3 para sim. O default será não. AUTONEG: 1-NÃO 3-SIM

20.Speed - Informe 1 para velocidade de comunicação da rede igual a 10Mbits ou 3 para 100Mbits. O default será 10Mbits. SPEED: Manual1-10MB placa JULIA

3-100MB

Pag. 30 www.tasksistemas.com.br

21.Duplex – Informe 1 para comunicação da rede igual a Half ou 3 para full. O default será Half. DUPLEX: 1-HALF 3-FULL

22.New Password – Informe a nova senha. New Password: ****

23.Re-Type Password – Informe novamente a nova senha para confirmação.

Re-Type Password: ****

Em seguida a placa irá reinicializar para assumir os novos valores dos parâmetros informados.

VI. Utilitário para Teste de Hardware Durante o boot da placa Julia temos a opção de entrar no modo de teste de HARDWARE. Para entrar em modo de teste, devemos acionar qualquer tecla no momento em que temos umas das mensagens abaixo: Manual placa JULIA

Pag. 31 www.tasksistemas.com.br

**** JULIA **** TESTE DE HARDWARE Nível da Bateria 8.00 Volt Após isso, o sistema irá solicitar a senha, teclar 8275 (TASK)

TESTE - HARDWARE SENHA:**** Será apresentado um menu onde podemos testar cada item do sistema separadamente, para navegar por este menu, avançando e retornando, devemos usar as teclas “6” e “4”. Cada item do menu nos possibilitará testar / acessar uma determinada parte do sistema.

VI.1 Menu de Opções de Teste LER STATUS BAT || Manual placa JULIA

Pag. 32 www.tasksistemas.com.br

DISPLAY ||

LER ENTRADAS DIG || SETAR SAIDA DIGI || COMANDAR LED || TESTAR TECLADO || LER RELOGIO || TESTAR SERIAL || TESTAR ABA/WIEG || LER CONFIG JULIA || VERIFICAR REDE || SAIR ||

Manual placa JULIA

Pag. 33 www.tasksistemas.com.br

1. Ler Status da Bateria Possibilita ler a tensão da bateria, normalmente a bateria trabalha com tensões entre 6.5 à 8.5. LER STATUS BAT || Nível da Bateria 8.00 Volt 2. Testar Display Exibe na linha superior do display as letras do alfabeto em minúsculo e na linha inferior as letras em maiúsculo. DISPLAY || abcdefghijklmnopqrs ABCDEFGHIJKLMNOPQRS

3. Ler Entradas Digitais Exibe no display o estado de cada entrada digital (de 1 à 8 ), exibe também as entradas digitais da porta serial #1 e #2. As entradas digitais da porta serial são para uso interno. LER ENTRADAS DIG || 12 34 56 78 | AB 00 00 00 00 | 00

Manual placa JULIA

Pag. 34 www.tasksistemas.com.br

4. Comandar Saídas Digitais Podemos comandar cada saída digital independentemente bastando para isso digitar a tecla correspondente à saída digital (tecla “1” muda o estado da saída 1, tecla “2” muda o estado da saída 2,...). Para acionar/desativar a buzina teclamos “0”. É Exibido no display o estado de cada entrada digital (de 1 à 8 ) e o estado da buzina. A linha superior exibe o estado das entradas digitais e a linha inferior exibe o estado de cada saída digital e da buzina. O monitoramento das entradas digitais nos auxilia nos testes de catraca. SETAR SAIDA DIGI || 00 00|00 00 BZ 00 00|00 00 0 5. Comandar LED Podemos comandar os LED´s e também acionar os BACKLIGHT dos displays LCD Tecla 1 acende / apaga LED#1 VERMELHO Tecla 2 acende / apaga LED#1 VERDE Tecla 4 acende / apaga LED#2 VERMELHO Tecla 5 acende / apaga LED#2 VERDE Tecla 7 acende / apaga BACKLIGHT LCD #1 Tecla 8 acende / apaga BACKLIGHT LCD #2 COMANDAR LED || LD#1 LD#2 B1 B2 R0G0 R0G0 1 2

Manual placa JULIA

Pag. 35 www.tasksistemas.com.br

6. Testar Teclado Ao pressionar uma tecla a mesma será exibida no display. TESTAR TECLADO || SAIR

Voce teclou “8”

7. Ler / Atualizar Relógio Ao selecionar esta opção, iremos ler o conteúdo do RTC (REAL TIME CLOCK), se desejarmos alterar o RTC basta inserir a nova data ou “*” para sair. LER RELOGIO || DATA/HORA SAIR DD/MM/AAAA HH:MM 8. Testar Entradas Seriais Podemos testar cada uma das 4 entradas seriais separadamente, selecionamos a porta serial a ser testada, velocidade (19200, 9600 ou 115200) e o modo de leitura ( RAW ou STX ). Normalmente usamos o modo de leitura RAW, que exibirá no display todo o dado lido. O modo STX é exclusivo para leitoras MIFARE serial. TESTAR SERIAL || SELECIONE PORTA BAUD RATE 92 6 11 MODE RAW STX PASSE O CRACHA

Manual placa JULIA

Pag. 36 www.tasksistemas.com.br

9. Testar Entradas Aba/Wiegand Podemos testar cada uma das 4 entradas ABA/WIEGAND separadamente, selecionamos a porta a ser testada e o modo( ABA, ABA3 ou WIEGAND) TESTAR ABA/WIEG || SLECIONE PORTA ABA

ABA3

WIEG

PASSE O CRACHA

10. Ler Parâmetros de Rede Lê os parâmetros básicos da placa como: IP da placa, Máscara de rede, Gateway, IP do servidor principal, IP do servidor alternativo e ID da placa. LER CONFIG JULIA ||

11. Verificar Rede Informa para o usuário se a placa está conectada a uma rede, a velocidade e o tipo de conexão (HALF / FULL duplex) VERIFICAR REDE || 12. Sair Sai do utilitário de hardware e executa o boardmanager (firmware).

SAIR ||

Manual placa JULIA

Pag. 37 www.tasksistemas.com.br

View more...

Comments

Copyright ©2017 KUPDF Inc.